O campo léxico dos animais em cartas ao Barão de Jeremoabo: uma análise lexicológica

Autores

  • Eliane Santos Leite da Silva IFBAIANO / PPGLinc-UFBA
  • Celina Márcia de Souza Abbade UNEB-PPGEL/ UAB

DOI:

https://doi.org/10.14393/Lex1-v1n1a2015-5

Palavras-chave:

Cartas pessoais, Campo léxico., Semântica lexical, Lexemática

Resumo

Pretende-se discutir, através desse trabalho, resultados da análise realizada cartas pessoais, datadas entre 1890 e 1903, enviadas ao barão de Jeremoabo, o Dr. Cícero Dantas Martins, por parentes, amigos e/ou correligionários. Através da referida pesquisa, foi possível realizar o levantamento de parte do vocabulário utilizado nas cartas, a partir dos fundamentos teórico-metodológicos da Lexicologia, considerando principalmente a teoria dos campos lexicais proposta por Eugenio Coseriu (1967; 1979; 1981), ao analisar o campo léxico do trabalho, e seus microcampos. Para a discussão no presente artigo, o recorte feito nos resultados contemplou o campo dos animais, a fim de realizar a análise sêmica do microcampo animais explorados no trabalho do campo, até então não realizada, através do levantamento dos traços opositivos de cada unidade lexical, de acordo com a proposta da Lexemática coseriana. Nesse sentido, foi possível proceder à identificação dos usos lexicais enquanto caracterizadores de uma comunidade específica.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

15-02-2016

Como Citar

Silva, E. S. L. da, & Abbade, C. M. de S. (2016). O campo léxico dos animais em cartas ao Barão de Jeremoabo: uma análise lexicológica. Revista GTLex, 1(1), 66–90. https://doi.org/10.14393/Lex1-v1n1a2015-5