As Geometrias do Cadastro Ambiental Rural (CAR): Uma Proposta Metodológica para Análise e Remoção da Sobreposição de Imóveis Rurais Declarados na Base de Dados do CAR

Conteúdo do artigo principal

Maíra Matias
https://orcid.org/0000-0001-7614-8608
Gisele Milare
https://orcid.org/0000-0001-9553-5486
Isabel Escada
https://orcid.org/0000-0002-5822-8265
Miguel Monteiro
https://orcid.org/0000-0003-1477-1749

Resumo

A base de dados do Cadastro Ambiental Rural (CAR), de cadastro autodeclarado, tem sido utilizada para diversas finalidades, entre elas, estudos científicos. Entretanto, como a maior parte dos cadastros ainda não foi validada pelos órgãos ambientais competentes, esses dados podem apresentar inconsistências, tais como a sobreposição geométrica entre os imóveis rurais, o que dificulta sua utilização em Sistemas de Informação Geográfica (SIGs), principalmente em operações com maior exigência de ajustes topológicos. Com isso, o artigo apresenta uma proposta metodológica para analisar e remover os diferentes tipos de sobreposições existentes a partir dos dados brutos do Sistema Nacional de Cadastro Ambiental (SICAR). O ponto de partida é a classificação dos imóveis por tamanho, conforme o módulo fiscal do município. Após a remoção dos imóveis cancelados e das geometrias duplicadas, propõese a remoção de sobreposição de imóveis de classes distintas adotando a estratégia de se atribuir a área sobreposta a apenas uma das classes de imóveis, com base em uma hierarquia de classes. O artigo demonstra uma das possibilidades de atribuição de áreas, que prioriza a manutenção dos imóveis de assentamentos rurais, de povos e comunidades tradicionais e imóveis de menor área em detrimento dos de maiores áreas, como alternativa metodológica às estratégias de remoção de sobreposição que levam em consideração a segurança jurídica dos imóveis. Entretanto, a proposta metodológica é adaptável para diferentes contextos e finalidades acadêmicas. Ao final é apresentado um breve estudo de caso utilizando-se a metodologia para os imóveis declarados no município de São José dos Campos, SP.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Detalhes do artigo

Como Citar
MATIAS, M. R.; MILARE, G.; ESCADA, M. I. S.; MONTEIRO, A. M. V. As Geometrias do Cadastro Ambiental Rural (CAR): Uma Proposta Metodológica para Análise e Remoção da Sobreposição de Imóveis Rurais Declarados na Base de Dados do CAR. Revista Brasileira de Cartografia, [S. l.], v. 76, 2024. DOI: 10.14393/rbcv76n0a-66995. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/revistabrasileiracartografia/article/view/66995. Acesso em: 18 jul. 2024.
Seção
Cartografia e SIG

Referências

Brainer, M. S. D. C. P., e Vidal, M. D. F. (2016). Código florestal e o cadastro ambiental rural. Em: Informe Rural ETENE - Escritório Técnico de Estudos Econômicos do Nordeste, p. 1–16.

Brasil. Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Serviço Florestal Brasileiro. (2021). Analisa CAR. https://www.gov.br/agricultura/pt-br/assuntos/servico-florestal-brasileiro/documentos/car/analisacar?format=html.

Brasil. Ministério do Meio Ambiente e Mudança do Clima. (2023). Boletins Informativos do CAR – Outubro 2023. https://www.car.gov.br/#/centralConteudo/boletim.

Brasil. Ministério do Meio Ambiente. Serviço Florestal Brasileiro. (2016). Módulo de Cadastro – Manual do Usuário Cadastro Ambiental Rural – CAR. Brasília. 139 p. https://www.car.gov.br/public/Manual.pdf.

Cechim, S. (2018). Projeto Geosicar PR: Plataforma de Dados Espaciais de Referencia para Apoio à Análise de Cadastro Ambiental Rural do Estado do Paraná. In COBRAC 2018.

Coutinho, M. P., Gonçalves, D. A., Caram, R. D. O., & Soares, P. V. (2018). Áreas de inundação no trecho paulista da bacia do Rio Paraíba do Sul e nascentes do Cadastro Ambiental Rural. urbe. Revista Brasileira de Gestão Urbana, 10, 614-623. DOI: 10.1590/2175-3369.010. 003.AO09.

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (EMBRAPA). (2017). Código Florestal: Adequação Ambiental da Paisagem Rural. https://www.embrapa.br/codigo-florestal/area-de-reserva-legal-arl/modulo-fiscal.

Franco, U. E. G. (2018). Avaliação das sobreposições geométricas de imóveis e reservas legais do cadastro ambiental rural (CAR) na Ride-DF [Trabalho de Conclusão de Curso, Universidade de Brasília] Repositório digital UNB.

Freitas, F. L. M., Guidotti, V., Sparovek, G., & Hamamura, C. (2018). Nota Técnica: Malha Fundiária Do Brasil. Atlas—A Geografia da Agropecuária Brasileira; IMAFLORA: Piracicaba, Brazil, 1812, 5. https://www.imaflora.org/atlasagropecuario.

Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (INCRA). (2022) Módulo Fiscal. https://abrir.link/QTFkf.

Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (INCRA). (2020). Tabela de Índices Básicos do Sistema Nacional de Cadastro Rural. https://www.gov.br/incra/pt-br/acesso-a-informacao/indices_basicos_2013_por_municipio.pdf/view.

Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (INCRA). (2024). Resumo Acervo Fundiário. https://acervofundiario.incra.gov.br/acervo/dados_acervo.php.

Jung, S., Dyngeland, C., Rausch, L., & Rasmussen, L. V. (2022). Brazilian land registry impacts on land use conversion. American journal of agricultural economics, 104(1), 340-363. DOI: 10.1111/ajae.12217.

L’Roe, J., Rausch, L., Munger, J., & Gibbs, H. K. (2016). Mapping properties to monitor forests: Landholder response to a large environmental registration program in the Brazilian Amazon. Land use policy, 57, 193-203. DOI: 10.1016/j.landusepol.2016.05.029.

Laudares, S. S., da Silva, K. G., & Borges, L. A. C. (2014). Cadastro Ambiental Rural: uma análise da nova ferramenta para regularização ambiental no Brasil. Desenvolvimento e Meio Ambiente, 31.

Lei nº 12.651, de 25 de maio de 2012. (2012). Capítulo IV – Do Cadastro Ambiental Rural. Art. 29. http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2011-2014/2012/lei/l12651.htm.

Lei nº 13.465, de 11 de julho de 2017. (2017). Dispõe sobre a regularização fundiária rural e urbana, sobre a liquidação de créditos concedidos aos assentados da reforma agrária e sobre a regularização fundiária no âmbito da Amazônia Legal. http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2015-2018/2017/lei/l13465.htm.

Lei nº 8.629, de 25 de fevereiro de 1993. (1993). Dispõe sobre a regulamentação dos dispositivos constitucionais relativos à reforma agrária. 1993. http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/LEIS/L8629compilado.htm.

OCF. Observatório do Código Florestal. (2019). Projeto ValidaCAR: Análise e validação do CAR no estado do Pará. https://www.icv.org.br/drop/wp-content/uploads/2020/02/diagnostico-para-v02.pdf.

Oliveira, A. L. A., & Brugnara, E. (2018). Rural Environmental Registry: is it an instrument to evidence environmental conflicts on indigenous lands?. Desenvolvimento e Meio Ambiente, 46, 197-210.DOI: 10.5380/dma.v46i0.56773.

Oliveira, L., & Oliveira, F. H. (2019). Verificação da integração entre o Cadastro Ambiental Rural (CAR) e o Cadastro Nacional de Imóveis Rurais (CNIR) sob a ótica do cadastro territorial multifinalitário. Geosul, 34(70), 339-357. DOI: 10.5007/2177-5230.2019v34n70p339.

QGIS versão 3.22. QGIS Geographic Information System. Open Source Geospatial Foundation. https://qgis.org/pt_BR/site/.

Roitman, I., Vieira, L. C. G., Jacobson, T. K. B., da Cunha Bustamante, M. M., Marcondes, N. J. S., Cury, K., ... & Avila, M. L. (2018). Rural Environmental Registry: An innovative model for land-use and environmental policies. Land use policy, 76, 95-102. DOI: 10.1016/j.landusepol.2018.04.037.

Santos, P. P., de Jesus Júnior, W. C., de Almeida Telles, L. A., de Souza, M. H., da Silva, S. F., & dos Santos, A. R. (2021). Geotechnologies applied to analysis of the rural environmental cadastre. Land use policy, 101, 105127. DOI: 10.1016/j.landusepol.2020.105127.

Silva, G. A., & Landau, E. (2020). Cadastro Ambiental e Indicadores Cadastrais Rurais – Cap 54. In: Embrapa Milho e Sorgo: Dinâmica da Produção Agrícola e da Paisagem Natural no Brasil nas Últimas Décadas, p. 1969-2020.

Neto, E. S. D. F. T., & de Melo, J. A. M. (2016). Cadastro Ambiental Rural, CAR-Um Estudo sobre as principais dificuldades relacionadas a sua implantação. Negócios em Projeção, 7(2), 54-68.

Verdasca, S., & Ranieri, V. E. L. (2021). Benefits and barriers of public transparency in Rural Environmental Registry data. Ambiente & Sociedade, 24, e02071.

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 > >>