Metodologia para Valoração Preliminar de Imóveis Rurais para Estudos de Viabilidade de Projetos de Barragens

Conteúdo do artigo principal

Victória Gibrim Teixeira
https://orcid.org/0000-0002-7279-110X
Italo Oliveira Ferreira
https://orcid.org/0000-0002-4243-8225
Maria Lúcia Calijuri
https://orcid.org/0000-0002-0918-2475
Laura Coelho de Andrade
https://orcid.org/0000-0003-3693-2208
Letícia Perpétuo Pinheiro
https://orcid.org/0000-0002-4572-6847

Resumo

Para avaliar qualquer imóvel rural de maneira tradicional, é fundamental realizar análises estatísticas baseadas em dados primários da área em estudo. Da mesma forma, para verificar a viabilidade de execução de um projeto de engenharia de grande porte, é necessário avaliar o impacto ambiental, social e econômico das áreas a serem afetadas. A avaliação econômica, normalmente, é realizada por meio de dados obtidos in loco. Em estudos preliminares, mesmo quando não se dispõe de dados primários, pode ser necessário estimativas de custo das terras para fins de avaliação de uma possível desapropriação, uma vez que estes gastos impactam no valor final do empreendimento. Diante disso, uma metodologia alternativa para cálculo de custos de uso e ocupação do solo com uso prioritário de dados secundários foi desenvolvida. A partir da definição das classes de cobertura do solo, um levantamento bibliográfico foi feito para valoração das mesmas, levando em consideração a realidade socioeconômica das regiões trabalhadas. Foi possível encontrar valores de uso direto de cada uma das classes, bem como aplicá-los nos locais de estudo.  Obteve-se custos de três áreas e os resultados mostraram que a metodologia desenvolvida é, além de simples e de baixo custo, muito promissora. A viabilidade das áreas foi avaliada pelo viés econômico, identificando os locais mais viáveis para implantação de obras de engenharia, descartando as demais.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Detalhes do artigo

Como Citar
TEIXEIRA, V. G.; FERREIRA, I. . O.; CALIJURI, M. L.; ANDRADE, L. C. de .; PINHEIRO, L. P. . Metodologia para Valoração Preliminar de Imóveis Rurais para Estudos de Viabilidade de Projetos de Barragens. Revista Brasileira de Cartografia, [S. l.], v. 72, n. 4, p. 588–602, 2020. DOI: 10.14393/rbcv72n4-53420. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/revistabrasileiracartografia/article/view/53420. Acesso em: 16 maio. 2022.
Seção
Artigos Originais
Biografia do Autor

Italo Oliveira Ferreira, Universidade Federal de Viçosa

É Professor Adjunto do departamento de Engenharia Civil, setor de Engenharia de Agrimensura e Cartográfica da Universidade Federal de Viçosa e membro permanente do Programa de Pós Graduação em Engenharia Civil, área de concentração em Informações Espaciais (PGEC/UFV - mestrado e doutorado). Possui graduação em Engenharia de Agrimensura e Cartográfica pela Universidade Federal de Viçosa (2011), Mestrado em Engenharia Civil, área de concentração em Informações Espaciais (Geodésia) pela Universidade Federal de Viçosa (2013) e Doutorado em Engenharia Civil, área de concentração em Informações Espaciais (Geodésia) na Universidade Federal de Viçosa (2018). Possui experiência na área de Geociências, com ênfase em Engenharia de Agrimensura e Cartográfica, atuando principalmente nos seguintes temas: Levantamentos Hidrográficos, Topográficos, Geodésicos e Perfilamentos a Laser, Ajustamento de Observações, Geoestatística e Controle de Qualidade. É líder do Grupo de Estudo e Pesquisa em Levantamentos Hidrográficos - GEPLH - UFV e pesquisador do Grupo de Estudo e Pesquisa em Ciências Geodésicas - GEPCiG - UFV, ambos do CNPq. Desde 2019, é vice-presidente da Comissão Técnico-Científica de Hidrografia da Sociedade Brasileira de Cartografia, Geodésia, Fotogrametria e Sensoriamento Remoto e Editor Associado da Revista Brasileira de Cartografia.

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)