MODELAGEM DINÂMICA ESPACIAL PARA O MONITORAMENTO DO CRESCIMENTO URBANO NO ENTORNO DO DUTO ORBEL

Conteúdo do artigo principal

Marcelo Elias Delaneze
Paulina Setti Riedel
Mara Lúcia Marques
Mateus Vidotti Ferreira

Resumo

A obtenção de informação sobre as condições da rede dutoviária representa papel primordial na segurança de dutos que transportam produtos perigosos. Para a minimização dos riscos associados a possíveis acidentes, tanto decorrentes dos processos naturais quanto de causas antrópicas relacionadas ao uso e cobertura da terra, torna-se necessário o monitoramento das áreas próximas aos dutos. Neste sentido, os modelos matemáticos em estudos ambientais ajudam a entender o impacto das mudanças no uso e/ou cobertura da terra e a prever alterações futuras nos ecossistemas. A área de estudo compreende porções dos municípios de Duque de Caxias, Belford Roxo e Nova Iguaçu e tem por objetivo avaliar o crescimento urbano de uma área atravessada por dutos, gerando um cenário anual de cobertura da terrar para o período de 10 anos. A modelagem realizada neste trabalho, utilizou como entrada mapas de cobertura da terra dos anos de 1987 e 1998, obtidos através de imagens do sensor TM/ Landsat. Seis variáveis espaciais (altimetria, declividade, distância das principais rodovias, distância dos principais rios, áreas protegidas, e litologia) foram utilizadas para explicar as mudanças ocorridas na cobertura da terra. Para a calibração do modelo, utilizou-se o método de pesos de evidência. Neste método valores positivos favorecem determinada transição, enquanto valores negativos indicam baixa probabilidade de transição, e valores próximos a zero não exercem efeito. A validação do modelo se deu pelo método de similaridade fuzzy, com decaimento exponencial. Os resultados mostram que o cenário gerado apresenta um aumento de 0,84 km2 para a classe "área construída", no período de 10 anos. Este aumento representa um total de 13,61%, enquanto a classe vegetação arbórea reduziu 1,17 km2, correspondente a um total reduzido de 7,54%. Os resultados da modelagem apontam para o crescimento dos bairros periféricos próximos ao Arco Metropolitano do Rio de Janeiro.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Detalhes do artigo

Como Citar
DELANEZE, M. E.; RIEDEL, P. S.; MARQUES, M. L.; FERREIRA, M. V. MODELAGEM DINÂMICA ESPACIAL PARA O MONITORAMENTO DO CRESCIMENTO URBANO NO ENTORNO DO DUTO ORBEL. Revista Brasileira de Cartografia, [S. l.], v. 66, n. 3, 2014. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/revistabrasileiracartografia/article/view/44756. Acesso em: 14 ago. 2022.
Seção
Artigos
Biografia do Autor

Marcelo Elias Delaneze, Universidade Estadual Paulista

Pós-Graduação em Geociências e Meio Ambiente

Paulina Setti Riedel, Universidade Estadual Paulista

Departamento de Geologia Aplicada

Mara Lúcia Marques, Universidade Estadual Paulista

Departamento de Geologia Aplicada

Mateus Vidotti Ferreira, Universidade Estadual Paulista

Pós-Graduação em Geociências e Meio Ambiente

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 > >>