O componente cultural em dicionários

uma análise de exemplos lexicográficos para aprendizes brasileiros de espanhol

Autores

DOI:

https://doi.org/10.14393/Lex9-v5n2a2020-7

Palavras-chave:

Exemplos Lexicográficos, Aprendizes brasileiros, Dicionário, Cultura, Língua Espanhola

Resumo

Propomos, neste artigo, verificar como é tratado o componente cultural em uma amostra de exemplos lexicográficos selecionados nos verbetes de dicionários bilíngues e semibilíngues português-espanhol e monolíngues de espanhol. Analisamos como os enunciados podem auxiliar o aluno brasileiro estudante de espanhol a compreender a cultura hispanofalante e se os exemplos oferecem informações estereotipadas. Para as análises, selecionamos cinco unidades e quatro dicionários disponíveis em suportes impresso e digital e verificamos o componente cultural nos exemplos. Notamos que alguns dicionários possuem exemplos mais gerais que não incluem dados sobre a cultura, outros, por sua vez, os possuem de forma evidente e com informações relevantes para o consulente, por isso, constatamos que algumas das obras selecionadas podem servir como materiais complementares para a aprendizagem cultural dos estudantes de espanhol.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Nathalia Maria Soares, Unesp

Mestre em Linguística e Língua Portuguesa – Universidade Estadual Paulista – UNESP – Campus Araraquara.

Raissa Adorno de Oliveira, Unesp Fclar

Mestre em Linguística e Língua Portuguesa – Universidade Estadual Paulista – UNESP – Campus Araraquara.

Odair Luiz Nadin, UNESP

Livre-Docente em Estudos do Léxico – Universidade Estadual Paulista – UNESP – Campus Araraquara.

Referências

ARAGÓN, M. C.; GILI, O. C.; BARQUERO, B. L. Pasaporte ELE Español Lengua Ex-trangera nível A1. Edelsa Grupo Didascalia, S. A.: Madrid, 2007.

@ULETE DIGITAL. O dicionário da língua portuguesa na internet. Disponível em: http://www.aulete.com.br/. Acesso em: 13 abr. 2020.

BACCIN, P. A função dos exemplos em um dicionário pedagógico bilíngue voltado para a produção. In: NADIN, O. L.; ZAVAGLIA, C. Estudos do léxico em contextos bilíngues. Campinas. São Paulo: Mercado de Letras, 2016. p. 97-112.

CUCHE, D. A noção de cultura nas ciências sociais. Tradução de Viviane Ribeiro. Bauru: EDUSC, 1999, 256 p.

DERVIN, F. Cultural identity, representation and othering. In: JACKSON, J. The Routledge Handbook of Language and Intercultural Communication. New York: Routledge, 2014. p. 181-194.

DIAZ, M.; TALAVERA, G. Dicionário santillana para estudantes: espanhol-português, português-espanhol. 4. ed. São Paulo: Moderna, 2014. 920 p.

DURÁN, M. S.; XATARA, C. M. Critérios para categorização de dicionário bilíngues. In: ISQUERDO, A. N.; ALVES, I. M. As ciências do léxico: Lexicologia, Lexicografia, Terminologia. Campo Grande: Editora UFMS/Humanitas, v. III, 2007, p. 311-320.

JACINTO GARCÍA, E. J. Forma y función del diccionario: Hacia una teoría general del ejemplo lexicográfico. Universidad de Jaén, 2015.

JALIL, S. A.; PROCAILO, L. Metodologia de Ensino de Línguas Estrangeiras: Pers-pectivas e Reflexões sobre os Métodos, Abordagens e o Pós-Método. IX Congresso Nacional de Educação – EDUCERE. PUCPR. Curitiba. 2009. p. 774-784. Disponível em: https://educere.bruc.com.br/arquivo/pdf2009/2044_2145.pdf. Acesso em: 04 fev. 2020.

KRAMSCH, C. Cultura no ensino de língua estrangeira. Bakhtiniana: Revista de Es-tudos do Discurso, [s.l.], v. 12, n. 3, p.134-152, dez. 2017. Fap UNIFESP (SciELO). DOI http://dx.doi.org/10.1590/2176-457333606

MOREIRA, G. L. El componente cultural en los diccionarios de ELE – análisis de los artículos gazpacho, sangría, bocadillo, paella, albergue y posada. Domínios de Lin-gu@gem. Uberlândia, v. 12 n. 4, 2018. p. 2240-2263. DOI https://doi.org/10.14393/DL36-v12n4a2018-12.

NADIN, O. L. Cómo potenciar el valor didáctico de un diccionario pasivo español-portugués: la macroestructura. Anuario brasileño de estudios hispánicos. n. 23, p. 267-278, 2013.

REVERSO DICCIONARIO. Diccionario Español Definidiones en línea: traducción de las palabras y expresiones, definición, sinónimos. 2018. Disponível em: https://diccionario.reverso.net/espanol-definiciones/. Acesso em: 09 jan. 2019.

REYES, L. F. et al. Diccionario para la enseñanza de la lengua española: español para extranjeros. España: Litografía Rosés, S.A. 2000.

RICHARDS, J. C.; RODGERS, T. S. Approaches and Methods in Language Teach-ing. Cambridge: Cambridge University Press, 1999. 90 p. Disponível em: https://www.novaconcursos.com.br/blog/pdf/richards-jack-c.-&-rodgers.pdf. Acesso em: 21 jan. 2020.

ROJAS ARREGOCÉS, E. Los ejemplos en los diccionarios escolares de Colombia. Universitat Pompeu Fabra. Tesi Doctoral, Barcelona, 2016.

SALOMÃO, A. C. B. O componente cultural no ensino e aprendizagem de línguas: desenvolvimento histórico e perspectivas na contemporaneidade. Trabalhos em Lin-guística Aplicada. [online]. 2015, vol. 54, n. 2, p. 361-392. DOI http://dx.doi.org/10.1590/0103-18134500150051.

TAVARES, R. R. Conceitos de cultura no ensino/aprendizagem de línguas estrangei-ras. In: TAVARES, R. R. (org.). Língua, cultura e ensino. Maceió: EDUFAL, 2006. p. 17-27.

ULTRALINGUA. Gran diccionário vox de la lengua española. Ultralingua. [aplica-tivo]. 2019. Disponível em: https://www.ultralingua.com/pt-br/products/spanish-dictionary.html. Acesso em: 08 jan. 2019.

XATARA, C; BEVILACQUA, C. R.; HUMBLÉ, P. R. M. (org.) Dicionários na teoria e na prática. Parábola Editorial: São Paulo. 2011.

Downloads

Publicado

29-12-2020

Como Citar

Soares, N. M., Oliveira, R. A. de, & Nadin, O. L. (2020). O componente cultural em dicionários: uma análise de exemplos lexicográficos para aprendizes brasileiros de espanhol. Revista GTLex, 5(2), 340–366. https://doi.org/10.14393/Lex9-v5n2a2020-7