Expressões idiomáticas em dicionários bilíngues pedagógicos francês-português brasileiro: uma análise comparativa por amostragem das letras A e P

Autores

DOI:

https://doi.org/10.14393/Lex3-v2n1a2016-2

Palavras-chave:

Expressões Idiomáticas (EIs), Unidades Fraseológicas (UFs), Dicionário Bilíngue (DB), Francês-Português brasileiro, Lexicografia Pedagógica, Metalexicografia.

Resumo

Este estudo decorre do trabalho prático da colaboração internacional com uma editora que propôs um dicionário bilíngue pedagógico contemplando a variante brasileira do português com a língua francesa. O trabalho gerou um corpus de 102 arquivos .DOC do qual foram compiladas as unidades fraseológicas em novo corpus, aqui denominado corpus Kernerman, em arquivos .XLS, contendo 2696 linhas de A a Z, das quais foram selecionadas as letras A e P. Autores como Zuluaga (1980), Corpas Pastor (1997), Xatara (1998b), Ortiz Ãlvares (2000), Biderman (2001, 2005), Krieger (2006), Welker (2006, 2011) e Xatara e Parreira (2011) constituíram o arcabouço teórico da pesquisa. A análise consiste na identificação dessas unidades e no levantamento das expressões idiomáticas, para comparação quantitativa do material em dicionários bilíngues usuais no Brasil, das editoras Larousse (2005) e Melhoramentos (2002), com a hipótese de que, nos dicionários mais antigos, não há tratamento adequado dessa parcela do léxico, como os dados demonstraram ao final.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Maria Cristina Parreira, UNESP - Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho"

Licenciada em Letras pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (IBILCE,1992), Mestre em Linguística e Língua Portuguesa pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (FCLAr, 1998) e Doutora em Linguística e Língua Portuguesa pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (FCLAr, 2002). Professora assistente doutora em Regime de Dedicação à Docência e à Pesquisa da Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho em São José do Rio Preto desde 2003. Pesquisadora na área de Lingüística, com ênfase em Teoria e Análise Lingüística, atuando principalmente nos seguintes temas: Lexicologia e Lexicografia, dicionários bilíngües, lexicografia bilíngüe pedagógica, ensino de línguas estrangeiras, língua francesa, vocabulário fundamental (verbos e substantivos), léxico geral e especial, fraseologia e fraseografia (expressões idiomáticas), léxico, cultura e ensino. Líder do "Grupo Acadêmico Multidisciplinar: Pesquisa Linguistica e Ensino - GAMPLE" [http://goo.gl/208iwR]. Membro dos GPs - "Lexicologia e Lexicografia contrastiva" (UNESP) e "A fraseologia e sua equação nas sub-áreas da Lingüística Aplicada" (UnB).

Maria Camila Robayo García, UNESP - Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho"

Bacharel em Letras com Habilitação de Tradutor pela UNESP - Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho"

Júlia Garcia Chrispolim, UNESP - Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho"

Graduanda do curso de Bacharelado em Letras com Habilitação em Tradutor, Habilitação em Francês na UNESP - Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho"

Referências

Referências Bibliográficas

ALVAR EZQUERRA, M. La forme des dictionnaires à la lumière du signe linguistique. Cahiers de lexicologie, n. 52(1), p.117-130, 1981-1.

ALVES, B. B. Seleção e descrição das expressões traduzidas no corpus do projeto DICOLIMPICO

BIDERMAN, M. T. C. Glossário. Alfa, São Paulo, 28 (supl.), 135-144, 1984. Disponível em: < http://seer.fclar.unesp.br/alfa/issue/view/284/showToc>. Acesso em 12 abr 2015.

_____. Teoria linguística: teoria lexical e linguística computacional. 2. ed. São Paulo: Martins Fontes, 2001.

_____. Unidades complexas do léxico. In: RIO-TORTO, G. et al (Orgs.) Estudos em homenagem a Mario Vilela. Porto: Faculdade de Letras do Porto, 2005, v. II, p. 747-757. Disponível em: <http://ler.letras.up.pt/uploads/ficheiros/4603.pdf>. Acesso em: 7 jul 2015.

CORPAS PASTOR, G. Manual de fraseologia española, Madrid: Gredos, 1996. 337p.

DUBOIS, J. et al. Dicionário de Linguística. São Paulo: Cultrix, 1997.

FERNANDES, H. S.; XATARA, C. M. Kernerman French-Portuguese dictionary: Adapting the translation from European Portuguese to Brazilian Portuguese. Kernerman Dictionary News, v. 19, p. 6-9, 2011.

FERNANDES, H. Y. S. Análise da adaptação de um dicionário bilíngue francês-português europeu para a variante brasileira. 2012. 127f. Dissertação (Mestrado em Estudos Linguísticos). Instituto de Biociências, Letras e Ciências Exatas, Universidade Estadual Paulista

KRIEGER, M. G. et al. O século XX, cenário dos dicionários fundadores da lexicografia brasileira: relações com a identidade do português do Brasil. Alfa, São Paulo, v. 50, n. 2, p.173-187, 2006. Disponível em: <http://piwik.seer.fclar.unesp.br/alfa/article/viewFile/1418/1119>. Acesso em 10 jun 2015.

LAROUSSE OUI francês-português, português-francês: minidicionário. 1.ed. São Paulo: Larousse do Brasil, 2005. [Coordenação editorial: José A. Galvez]

MATTOS, G. Y. A tradução em um dicionário pedagógico francês-português brasileiro. 2013. 63f. Relatório (Iniciação científica II - CNPq-PIBIC, processo 2012/21937). Instituto de Biociências, Letras e Ciências Exatas, Universidade Estadual Paulista

MICHAELIS: dicionário escolar francês: francês-português e português-francês / Jelssa Ciardi Avolio, Mára Lucia Faury.

ORTIZ ALVAREZ, M. L. Expressões idiomáticas do Português do Brasil e do Espanhol de Cuba: estudo contrastivo e implicações para o ensino de Português como língua estrangeira. 2000. 344f. Tese (Doutorado em Linguística Aplicada). Instituto de Estudos da Linguagem, Universidade Estadual de Campinas, Campinas-SP, 2000. Disponível em: <http://www.bibliotecadigital.unicamp.br/document/?code=vtls000215016&fd=y>. Acesso em 14 abr 2015.

ROBERTS, R. P. Le traitement des collocations et des expressions idiomatiques dans les dictionnaires bilingues. In: B

WELKER, H. A. Breve histórico da metalexicografia no Brasil e dos dicionários gerais brasileiros. Matraga, 2006. Disponível em:

<http://www.pgletras.uerj.br/matraga/matraga19/matraga19a04.pdf>. Acesso em: 30 jun 2016.

_____. Colocações e expressões idiomáticas em dicionários gerais. In.: ORTIZALVAREZ, M. L.; UNTERNBAUMEN, E. H. Uma (re)visão da teoria e da pesquisa fraseológicas. Campinas, SP: Pontes Editores, 2011, p.69-76.

XATARA, C. M. O campo minado das expressões idiomáticas. Alfa, v. 42, n. esp., p.147-159, 1998a. Disponível em: <http://seer.fclar.unesp.br/alfa/article/view/4048/3712>. Acesso em 21 maio 2014.

_____. Tipologia das expressões idiomáticas. Alfa, v. 42, 1998b, p.169-176. Disponível em: <http://seer.fclar.unesp.br/alfa/article/view/4274>. Acesso em 11 jan 2013.

_____.; PARREIRA, M. C. A elaboração de um dicionário fraseológico. In.: ORTIZ ALVAREZ, M. L.; UNTERNBAUMEN, E. H. Uma (re)visão da teoria e da pesquisa fraseológicas. Campinas, SP: Pontes Editores, 2011, p.69-76.

ZULUAGA, A. Introducción al estudio de las expresiones fijas. Frankfurt a. M.-Bern-Cirencester/U.K., Studia Románica et Lingüistica, Verlag Peter D. Lang, 1980. 278p.

Downloads

Publicado

13-06-2017

Como Citar

Parreira, M. C., Robayo García, M. C., & Chrispolim, J. G. (2017). Expressões idiomáticas em dicionários bilíngues pedagógicos francês-português brasileiro: uma análise comparativa por amostragem das letras A e P. Revista GTLex, 2(1), 31–61. https://doi.org/10.14393/Lex3-v2n1a2016-2

Edição

Seção

Artigos