A Abordagem Lexical no Ensino de Língua Portuguesa como Língua Materna

Autores

  • Marcia Sipavicius Seide Universidade Estadual do Oeste do Paraná
  • Adja Balbino de Amorim Barbieri Durão

DOI:

https://doi.org/10.14393/Lex1-v1n1a2015-2

Palavras-chave:

Lexicologia, Ensino de Língua Portuguesa. Língua Materna, Abordagem Lexical, Frase Convencional, Expressão Idiomática.

Resumo

A primeira parte deste artigo apresenta, descreve e contextualiza os princípios da Abordagem Lexical,uma metodologia de ensino de língua inglesa como língua estrangeira.A segunda justifica a escolha desta metodologia ao ensino de língua portuguesa como língua materna.A terceira, ilustra a aplicabilidade da metodologia propondo um módulo didático a alunos de ensino médio. Fundamenta a Abordagem Lexical, o princípio de que a linguagem é um léxico gramaticalizado organizado por blocos de palavras. Essa metodologia prioriza a combinatória das palavras atendendo a necessidade de métodos que foquem a uso adequado das palavras em produções textuais orais ou escritas. Seu surgimento acompanhou os avanços obtidos pela Lexicografia Computacional e pela Linguística de Corpus uma vez que a Abordagem Lexical os utiliza para obter exemplificação autêntica oriunda de resultados de concordanceadores de Corpus eletrônico, a qual faz parte do paradigma de ensino adotado pautado por etapas de observação, hipotetização e testagem das hipóteses por parte dos alunos.Sua adoção ao ensino de língua materna, justifica-se pelo fato de a variação linguística da língua portuguesa no Brasil e suas implições sociolinguísticas tornarem a aprendizagem da norma culta da língua portuguesa um desafio semelhante ao de aprender uma língua estrangeira. Ilustra a aplicabilidade da abordagem um módulo didático centrado nas frases convencionais e nas expressões idiomáticas de uma crônica de Carlos Drummond de Andrade, com hipotetização e testagem pautadas no Corpus do Português e num blog brasileiro utilizado para captura de usos atuais e coloquias do idioma.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Marcia Sipavicius Seide, Universidade Estadual do Oeste do Paraná

Doutora em Letras pela Universidade de São Paulo (2006), professora associada da Universidade Estadual do Oeste do Paraná, docente do Programa de Pós-Graduação em Letras sediado no Campus de Cascavel e do Colegiado do Curso de Letras do Campus de Marechal Cândido Rondon.

Adja Balbino de Amorim Barbieri Durão

Downloads

Publicado

15-02-2016

Como Citar

Sipavicius Seide, M., & Durão, A. B. de A. B. (2016). A Abordagem Lexical no Ensino de Língua Portuguesa como Língua Materna. Revista GTLex, 1(1), 11–32. https://doi.org/10.14393/Lex1-v1n1a2015-2