MÉTODOS DE IDENTIFICAÇÃO DO DIVISOR DE DRENAGENS ENTRE O ARROIO CHUÍ E O ARROIO PASTOREIO, REGIÃO SUL DO RIO GRANDE DO SUL

Conteúdo do artigo principal

Rafael Mastracusa de Oliveira
Ricardo Augusto Lengler Franchini
Andrea Lopes Iescheck
Ricardo Noberto Ayup Zouain

Resumo

Focando uma análise detalhada das características geomorfológicas e morfométricas da microbacia do arroio Chuí, a identifi cação da nascente deste sistema de drenagem se torna necessária ao passo que é um importante ponto limítrofe com o sistema de drenagem adjacente do arroio Pastoreio, no sul do estado do Rio Grande do Sul. A identifi cação da região da nascente se deu através de técnicas de sensoriamento remoto por observações em imagens de satélite Landsat 5 TM e posterior observação in loco dos fluxos de drenagem. Em campo foi realizado levantamento topográfico convencional, com estação total, estabelecendo-se um posicionamento orbital como referência geodésica aos vértices de controle através de receptores GNSS de dupla frequência. Este levantamento de campo foi realizado para fi ns de melhor leitura da topografi a da área e identifi cação do divisor de águas em ambiente computacional. Em laboratório, foram tratados e refi nados os dados coletados em campo para o processamento final. Este processamento ocorreu através de correlação das cotas altimétricas, utilizando-se os métodos de interpolação triangulation irregular network (TIN)e kriging (krigagem), os quais evidenciaram suavemente a morfologia, destacando o limite superior dos sistemas dedrenagem e estabelecendo o ponto divisor de águas. Os modelos tridimensionais gerados pelas interpolações definiram um ponto nas coordenadas UTM (Universal Transversa de Mercator) E=307125,747 m e N= 6318075,243m, fuso 22 sul, com uma cota altimétrica acima de 16,5m mostrados em uma seção transversal neste trabalho. Os referidos métodos de interpolação dos dados altimétricos mostraram-se efi cazes na caracterização topográfi ca da área do levantamento, definindo-se de maneira precisa a localização da região da nascente e proporcionando subsídios à melhor caracterização morfométrica da microbacia do arroio Chuí, aperfeiçoando e aprimorando o manejo dos recursos naturais dispostos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Detalhes do artigo

Como Citar
DE OLIVEIRA, R. M.; FRANCHINI, R. A. L.; IESCHECK, A. L.; ZOUAIN, R. N. A. MÉTODOS DE IDENTIFICAÇÃO DO DIVISOR DE DRENAGENS ENTRE O ARROIO CHUÍ E O ARROIO PASTOREIO, REGIÃO SUL DO RIO GRANDE DO SUL. Revista Brasileira de Cartografia, [S. l.], v. 66, n. 5, 2014. DOI: 10.14393/rbcv66n5-44701. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/revistabrasileiracartografia/article/view/44701. Acesso em: 7 dez. 2022.
Seção
Artigos
Biografia do Autor

Rafael Mastracusa de Oliveira, Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Programa de Pós-Graduação em Geociências - Departamento de Geodésia/IGEO

Ricardo Augusto Lengler Franchini, Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Programa de Pós-Graduação em Geociências - Departamento de Geodésia/IGEO

Andrea Lopes Iescheck, Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Programa de Pós-Graduação em Geociências - Departamento de Geodésia/IGEO

Ricardo Noberto Ayup Zouain, Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Programa de Pós-Graduação em Geociências - Departamento de Geodésia/IGEO