ZONEAMENTO DE SUSCEPTIBILIDADE A DESLIZAMENTOS INDUZIDOS EM BACIAS HIDROGRÁFICAS COM BASE NA LÓGICA FUZZY E NO PROCESSO ANALÍTICO HIERÁRQUICO (AHP)

Conteúdo do artigo principal

Celso Henrique Leite Silva Junior
Denilson da Silva Bezerra
Liana Oighenstein Anderson
Marcio Roberto Magalhães de Andrade
Dagolberto Calazans Araujo Pereira
Vera Lucia Araújo Rodrigues Bezerra
Fabricio Brito Silva
Luiz Eduardo Oliveira e Cruz de Aragão

Resumo

Deslizamentos induzidos em encostas ocupadas por assentamentos precários com elevada situação de vulnerabilidade é uma realidade presente nas aglomerações urbanas e metrópoles especialmente na América Latina e Ãsia. A ameaça de desastres naturais nestas áreas é uma preocupação crescente com a intensificação de tempestades resultantes da dinâmica de extremos climáticos constatada atualmente no planeta associada ao crescimento populacional desordenado. O zoneamento de áreas suscetíveis a processos geodinâmicos surge como instrumento de planejamento necessário as políticas públicas de gestão territorial. Neste contexto, a Bacia Hidrográfica do Rio Anil (BHRA) na capital maranhense é adotada para a aplicação de uma metodologia de zoneamento de áreas suscetíveis à ocorrência de deslizamentos baseada na Lógica Fuzzy e no Processo Analítico Hierárquico (AHP). A utilização do operador Fuzzy Média Ponderada AHP demonstrou resultado satisfatório cuja validação se deu com acurácia (índice Kappa) igual a 75,1% e exatidão total igual a 88%. As características físicas da BHRA acordam com os resultados do zoneamento que revelam a predominância de áreas com baixa e média suscetibilidade a deslizamentos, sendo as áreas de alta suscetibilidade restritas a determinados setores do relevo com declividade ente 12 e 20%. A definição dos valores atribuídos aos Membros Fuzzy e a resposta expressa nos resultados obtidos confirmam a relevância do conhecimento prévio dos fatores naturais e antrópicos condicionantes e dos dados de ocorrência de deslizamentos cadastrados pelas Defesas Civis. A metodologia apresentada é facilmente replicável em outras bacias hidrográficas, podendo alcançar melhor qualidade e aplicação a depender da resolução espacial dos dados cartográficos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Detalhes do artigo

Como Citar
SILVA JUNIOR, C. H. L.; BEZERRA, D. da S.; ANDERSON, L. O.; ANDRADE, M. R. M. de; PEREIRA, D. C. A.; BEZERRA, V. L. A. R.; SILVA, F. B.; ARAGÃO, L. E. O. e C. de. ZONEAMENTO DE SUSCEPTIBILIDADE A DESLIZAMENTOS INDUZIDOS EM BACIAS HIDROGRÁFICAS COM BASE NA LÓGICA FUZZY E NO PROCESSO ANALÍTICO HIERÁRQUICO (AHP). Revista Brasileira de Cartografia, [S. l.], v. 68, n. 9, 2016. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/revistabrasileiracartografia/article/view/44445. Acesso em: 21 maio. 2022.
Seção
Artigos
Biografia do Autor

Denilson da Silva Bezerra, Universidade CEUMA - UniCEUMA

Professor do Curso de Engenharia da Universidade Ceuma (UNICEUMA). Possui graduação em Ciências Aquáticas pela Universidade Federal do Maranhão (2005), especialização em Recuperação de Áreas Degradadas (2008) pela Universidade Estadual do Maranhão e Mestrado em Saúde e Ambiente pela Universidade Federal do Maranhão (2008), sendo bolsista CAPES. Doutor em Ciência do Sistema terrestre pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE).

Liana Oighenstein Anderson, Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais - CEMADEN

Possui graduação em Ciências Biológicas pela Universidade Estadual de Campinas (2001), mestrado em Sensoriamento Remoto pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE,2004), com treinamento na Universidade de Maryland (EUA, 2003), Doutorado pela School of Geography and the Environment da Universidade de Oxford (Inglaterra, 2006-2011) e Pós-Doutorado pelo Environmental Change Institute da Universidade de Oxford (2011-2014).

Marcio Roberto Magalhães de Andrade, Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais - CEMADEN

Possui graduação em Geologia, Bacharel (1990) e Licenciatura (2005) pelo Instituto de Geociencias - Universidade de São Paulo, Mestrado (2000) e Doutorado (2009) em Geografia pela Faculdade de Filosofia Letras Ciências Humanas da Universidade de São Paulo. Pesquisador da Área de Geodinâmica do Centro Nacional de Monitoramento e Alerta de Desastres Naturais - CEMADEN do Ministério de Ciência, Tecnologia e Inovação - MCTI.

Vera Lucia Araújo Rodrigues Bezerra, Universidade CEUMA - UniCEUMA

Possui graduação em Agronomia pela Universidade Federal da Paraíba (1989), especialista em Gestão Ambiental e Manejo de Recursos Naturais pela UEMA e Mestrado em Meio Ambiente e Desenvolvimento pela UFC. Tem experiência na área de Agronomia, com ênfase em Manejo e Conservação do Solo, atuando principalmente nos seguintes temas: zoneamento, bacias hidrográficas, manejo de solos, assentamentos rurais, uso da terra e recursos hídricos.

Fabricio Brito Silva, Universidade CEUMA - UniCEUMA

Possui doutorado em Sensoriamento Remoto (INPE/2013) onde atuou em modelagem de carbono na Amazônia, mestrado em Agronomia (UFPI/2008) onde atuou em identificação de áreas desertificadas utilizando dados de sensoriamento remoto e possui graduação em Agronomia pela Universidade Estadual do Maranhão (2005).

Luiz Eduardo Oliveira e Cruz de Aragão, Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais - INPE Tropical Ecosystems and Environmental Science Laboratory - TREES Divisão de Sensoriamento Remoto - DSR

Possui graduação em Biociências e Biotecnologia pela Universidade Estadual do Norte Fluminense (1997), mestrado em Biociências e Biotecnologia pela Universidade Estadual do Norte Fluminense (2000), doutorado em Sensoriamento Remoto pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (2004) com Doutorado Sanduíche - University of Edinburgh (2003). Possui Pós-Doutorado pela University of Oxford (2004-2008). Atua como Professor Associado na University of Exeter-UK e atualmente é Pesquisador do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE). Coordena o Grupo de Pesquisa TREES (Tropical Ecosystems and Environmental Sciences group).

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)