METODOLOGIA PARA GERAÇÃO DE BASES DE DADOS GEOESPACIAIS EM CONSONÂNCIA COM A INFRAESTRUTURA NACIONAL DE DADOS ESPACIAIS (INDE) E COM OS PADRÕES DE INTEROPERABILIDADE DO GOVERNO ELETRÔNICO (e-PING)

Conteúdo do artigo principal

Andrea Lopes Iescheck
Cleomir Paolazzi
Claudia Robbi Sluter
Silvana Philippi Camboim

Resumo

Os primeiros passos do governo brasileiro para superar a dificuldade de integração entre seus diferentes setores, e com a sociedade em geral, foram dados com a criação dos Padrões de Interoperabilidade de Governo Eletrônico (e-PING). A falta de interoperabilidade entre sistemas que armazenam informações geoespaciais também é um problema frequente. Para solucionar esta dificuldade foi criada a Infraestrutura Nacional de Dados Espaciais (INDE). Este trabalho propõe uma metodologia para geração de bases de dados geoespaciais de acordo com os padrões da INDE e que atenda as exigências do e-PING quanto à interoperabilidade entre sistemas a partir dos serviços web definidos como padrão de disseminação de informações geoespaciais. A metodologia proposta envolve a implementação de um servidor de dados conforme padrões estabelecidos pela INDE, a acessibilidade aos geoserviços por meio de SIGs desktop, a acessibilidade através de aplicação web, a visualização dos dados publicados e a integração dos geoserviços de diferentes fontes. Com a utilização dos geoserviços estabelecidos pelo OGC (WMS e WFS), o usuário pode acessar as informações a partir de aplicações remotas em softwares de Desktop-SIG ou por meio de um navegador de internet, o que elimina a necessidade de conversão de dados e facilita o intercâmbio dos dados na web. Também, permite ao usuário realizar análises e gerar mapas e relatórios de forma dinâmica e em tempo real.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Detalhes do artigo

Como Citar
IESCHECK, A. L.; PAOLAZZI, C.; SLUTER, C. R.; CAMBOIM, S. P. METODOLOGIA PARA GERAÇÃO DE BASES DE DADOS GEOESPACIAIS EM CONSONÂNCIA COM A INFRAESTRUTURA NACIONAL DE DADOS ESPACIAIS (INDE) E COM OS PADRÕES DE INTEROPERABILIDADE DO GOVERNO ELETRÔNICO (e-PING). Revista Brasileira de Cartografia, [S. l.], v. 68, n. 7, 2016. DOI: 10.14393/rbcv68n7-44370. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/revistabrasileiracartografia/article/view/44370. Acesso em: 9 dez. 2022.
Seção
Artigos
Biografia do Autor

Andrea Lopes Iescheck, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Instituto de Geociências, Departamento de Geodesia, Porto Alegre, RS

Possui graduação em Engenharia Cartográfica pela Universidade Federal do Paraná (1989), mestrado em Ciências Geodésicas pela Universidade Federal do Paraná (1996) e doutorado em Ciências Geodésicas pela Universidade Federal do Paraná (2006) Atualmente é Professora Adjunta do Instituto de Geociências da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Chefe do Departamento de Geodésia e Professora do Programa de Pós-Garduação em Geografia-UFRGS. Atua na área de Geociências, com ênfase em Cartografia e Sistema de Informações Geográficas. No contexto da produção científica e tecnológica destacam-se os seguintes temas: visualização de volumes, modelagem de dados tridimensional, sistema de informações geográficas, base cartográfica digital, estrutura de dados em SIG e cartografia.

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 3 > >>