O vocabulário acadêmico do turismo em artigos científicos de língua inglesa

Autores

DOI:

https://doi.org/10.14393/Lex-v9a2023/24-2

Palavras-chave:

Vocabulário Acadêmico, Vocabulário Fundamental, Termos do Turismo

Resumo

O presente artigo é resultado da pesquisa de doutorado intitulada “Termos do Turismo em artigos acadêmicos em inglês: um estudo terminológico” (Fontella, 2023). O objetivo principal é apresentar uma parte do termos do Turismo coletados de um corpus composto por mais de 500 artigos científicos da área, juntamente  com uma análise comparativa dos termos de uma das subáreas do Turismo – Comidas e Bebidas. O vocabulário acadêmico (VA) tem sido objeto de estudo em diversas pesquisas nas últimas décadas. As primeiras listas de palavras acadêmicas foram desenvolvidas, de forma manual, nos anos de 1970. Xue e Nation (1984), já com o auxílio de computadores, compilaram listas elaboradas na década anterior e criaram uma lista que foi considerada a principal fonte desse tipo de vocabulário, a University Word List (UWL). No ano 2000, baseando-se em um corpus composto de textos acadêmicos de diversas áreas e disciplinas, Averil Coxhead elaborou a Academic Word List (AWL), a qual passou a ser a referência de vocabulário acadêmico desde então. O VA é composto por diferentes tipos de vocabulários, entre eles o vocabulário fundamental (VF), palavras estritamente acadêmicas e termos. Revisitamos as noções de VF (Biderman, 1996) e de VA (Nation, 2013; Snow; Ucelli, 2009) para que pudéssemos comparar os termos selecionados no corpus com as duas listas, a General Service List (GSL) (West, 1953), referência de VF; e a AWL, referência de VA. A análise dos termos da subárea de Comidas e Bebidas revelou que há maior incidênica de itens lexicais que coincidem com o VF da língua inglesa do que com o VA.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Joni Márcio Dorneles Fontella, UNIOESTE

Doutor em Letras pela Universidade Estadual do Oeste do Paraná (UNIOESTE).

Referências

BIDERMAN, M. T. C. Léxico e vocabulário fundamental. Alfa, São Paulo, p. 27-46, 1996.

CAMPION, M.; ELLEY, W. An academic vocabulary list. Wellington: New Zealand Council for Education Research, 1971.

COXHEAD, A. A new academic word list. TESOL Quaterly, v. 34, n° 2, p. 213-238, 2000. DOI https://doi.org/10.2307/3587951

DELLAI, N. L. V. Ensino de vocabulário acadêmico no processo de compreensão em leitura: uma revisão bibliográfica. Chapecó: Universidade Federal da Fronteira Sul, 2016.

FALCÃO, L. A. C. Dicionário de Turismo – Termos Técnicos do meio Turístico: conceito, definições, siglas & tipologias. Instituto Federal Farroupilha, São Borja, RS, 2016.

FONTELLA, J. M. D. Termos do Turismo em artigos acadêmicos em inglês: um estudo terminológico. 2023. 307 f. Tese (Doutorado em Letras) – Programa de Pós-Graduação em Letras, Universidade Estadual do Oeste do Paraná – UNIOESTE, Cascavel, 2023.

GHADESSY, P. Frequency counts, words lists, and material preparation: A new approach. English Teaching Forum, 17, p. 24-27, 1979.

HALLIDAY, M. A. K. Some grammatical problems in scientific English. In: HALLIDAY, M. A. K; MARTIN, J. R. Writing science: literacy and discursive power. University of Pittsburgh Press, 1993.

HAYLAND; K.; TSE, P. Is there an “academic vocabulary? Tesol Quarterly. v. 41, n. 2, p. 235-253, 2007. DOI https://doi.org/10.1002/j.1545-7249.2007.tb00058.x

LYNN, R. W. Preparing word lists: a suggested method. RELC Journal, 4 (1), p. 25-32, 1973. DOI https://doi.org/10.1177/003368827300400103

NATION, I. S. P. Learning vocabulary in another language. Cambridge University Press, 2013. DOI https://doi.org/10.1017/CBO9781139858656

NATION, P. How large a vocabulary is needed for reading and listening? The Canadian Modern Language Review, 2006. DOI https://doi.org/10.3138/cmlr.63.1.59

PRANINSKAS, J. American university word list. London: Longman, 1972.

THE UNITED STATES. Government Publishing Office. Style manual: an official guide to the form and style of Federal Government publishing. Washington, DC: U.S., 2016. Disponível em: https://www.govinfo.gov/content/pkg/GPO-STYLEMANUAL-2016/pdf/GPO-STYLEMANUAL-2016.pdf. Acesso em: 12 abr. 2023.

UNWTO. UNITED NATIONS WORLD TOURISM ORGANIZATION. Thesaurus on tourism and leisure activities. Secretariat of State for Tourism of France and World Tourism Organization, 2001. Disponível em: https://www.e-unwto.org/doi/book/10.18111/9789284404551. Acesso em: 12 abr. 2023.

SCHMITT, N. et al. How much vocabulary is needed to use English? Replication of van Zeeland & Schmitt (2012, Nation (2006) and Cobb (2007). Language Teaching, n. 50. Cambridge University Press, p. 212-226, 2017. DOI https://doi.org/10.1017/S0261444815000075

SCIMAGO. SJR – SCIMAGO JOURNAL & COUNTRY RANK. Journal Rankings: Tourism, Leisure and Hospitality Management, 2020. Disponível em: https://www.scimagojr.com/journalrank.php?category=1409. Acesso em: 10 abr. 2023.

SNOW, C. E.; UCCELLI, P. The challenge of academic language. In: OLSON, D. R.; TORRANCE, N. (org.). The Cambridge Handbook of Literacy. Cambridge University Press: Cambridge, 2009. p. 112-133. DOI https://doi.org/10.1017/CBO9780511609664.008

SOUSA, P. S. Vocabulário especializado das passacultores da região metropolitana da Belém. 2023. 195 f. Tese (Doutorado em Linguística e Língua Portuguesa) – Programa de Pós-Graduação em Linguística e Língua Portuguesa da Faculdade de Ciências e Letras – Unesp, Araraquara, 2023.

WEST, M. A General Service List of English Words. London: Longman, Green and Co, 1953.

XUE, G.; NATION, I. A university word list. Language Learning and Communication [S.l.], v. 3, n.2, p. 215-229, 1984.

Downloads

Publicado

14-09-2023

Como Citar

FONTELLA, J. M. D. O vocabulário acadêmico do turismo em artigos científicos de língua inglesa. Revista GTLex, Uberlândia, v. 9, p. e0902, 2023. DOI: 10.14393/Lex-v9a2023/24-2. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/GTLex/article/view/69165. Acesso em: 23 jul. 2024.

Edição

Seção

Artigos