GERAÇÃO DE PLANTA DE VALORES GENÉRICOS A PARTIR DO CADASTRO TERRITORIAL URBANO

Conteúdo do artigo principal

Caio dos Anjos Paiva
Alzir Felippe Buffara Antunes

Resumo

Devido à falta de conhecimento técnico, em muitos municípios, principalmente de pequeno porte, a cobrança dos impostos sobre bens imóveis não é baseada em uma metodologia que leve em conta os dados geoespaciais do Cadastro Urbano. Isso acaba gerando problemas no que concerne a cobrança de tributos, sobretudo no que se refere à distorção de valores de impostos dentro de uma mesma realidade imobiliária. Desta forma, o presente estudo objetivou elucidar a importância da elaboração fundamentada de Plantas de Valores Genéricos (PVG) para tributação justa de impostos. Buscou-se a confecção de uma PVG para o bairro Tatuquara em Curitiba-PR, baseada em dados geoespaciais do Cadastro Territorial do município. Os resultados obtidos permitiram veriï¬car a relevância da utilização de dados espaciais na composição de modelos estatísticos voltados a avaliação imobiliária em massa.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Detalhes do artigo

Como Citar
PAIVA, C. dos A.; ANTUNES, A. F. B. GERAÇÃO DE PLANTA DE VALORES GENÉRICOS A PARTIR DO CADASTRO TERRITORIAL URBANO. Revista Brasileira de Cartografia, [S. l.], v. 69, n. 3, 2017. DOI: 10.14393/rbcv69n3-44345. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/revistabrasileiracartografia/article/view/44345. Acesso em: 3 dez. 2022.
Seção
Artigos
Biografia do Autor

Caio dos Anjos Paiva, Universidade Federal do Paraná

Engenheiro Cartógrafo Agrimensor. Mestre e doutorando em Ciências Geodésicas pela Universidade Federal do Paraná

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)