O portfólio reflexivo na formação de professores-pesquisadores-reflexivos

uma experiência autobiográfica

Autores

DOI:

https://doi.org/10.14393/OT2022v24.n.1.64547

Palavras-chave:

formação de professores, portfólio reflexivo, prática reflexiva, CAQDAS

Resumo

Na formação de professores, a reflexão-na-ação ocupa papel central, bem como a teorização sobre suas experiências reflexivas vivenciadas por estes profissionais, de forma a alcançar mudanças efetivas em sua prática e consequentemente melhorias no ensino. Diante destes argumentos, o objetivo deste trabalho é analisar o potencial do portfólio reflexivo na formação inicial de professores, utilizando-se da metodologia narrativa autobiográfica para descrever a experiência do autor Daniel na construção de um portfólio reflexivo como requisito de avaliação final em um curso de formação de professores para qualificação profissional na Inglaterra. A análise narrativa temática do conteúdo do portfólio do autor foi desenvolvida por meio do software (CAQDAS) QDA Miner Lite. Os resultados evidenciaram a reflexão-na-ação presente em muitos momentos da formação e discute-se a possibilidade da utilização do portfólio reflexivo como uma potente ferramenta de avaliação de professores em início de carreira e licenciandos no Brasil.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Daniel Ruy Pereira, Universidade Federal do ABC

Professor de ciências apaixonado pelo que faz, trabalhou no Brasil (2009-2013), Irlanda (intercambista, 2014-2015) and Inglaterra (2016 até hoje). Graduado em 2008 em Ciências Biológicas (Lic.Plena), no Brasil, trabalhando desde então como professor de biologia e ciências (escola secundária), de 2009 a 2013; então mudou-se para a Irlanda, como intercambista de inglês. Desde 2016 atua na Inglaterra como professor de ciências e biologia (KS3 e KS4). Bilíngue fluente (Português-Inglês), atuou como professor de inglês no Brasil (2016). Como escritor, publicou "Sunset and Blizzard: Experiencing Lent" (poesia, Wipf and Stock, 2018); "In Awesome Wonder: Bridging Science and Faith" (não-ficção, com Luiz F. Cardoso, Sacristy Press, 2021, grant por Templeton World Charity e Scientists in Congregation); e, em português, "A história de Deus entre amigos" (cordel, Viseu, 2021).

Profa. Dra. Maria Inês, Universidade Federal do ABC

Possui Licenciatura em Física pelo Instituto de Física da Universidade de São Paulo (1994), mestrado em Ensino de Ciências - Modalidade Física pelo Instituto de Física da Universidade de São Paulo (2001), doutorado em Educação (Doutorado Sanduíche) - School of Education. University of Leeds, (2005) e doutorado em Ensino de Ciências e Matemática pela Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo (2006). Atualmente é professor adjunto do Centro de Ciências Naturais e Humanas, Universidade Federal do ABC.

Tem experiência na área de Educação com ênfase em Ensino de Ciências, atuando principalmente nos seguintes temas: Desenvolvimento Profissional dos Formadores de Professores, Formação de Professores, Didática das Ciências, Pesquisa-ação Colaborativa.

Referências

BIERHALZ, C. D. K.; MENA, L. P.; FONSECA, E. M.; STOLL, V. G. O portfólio na formação de professores: significados atribuídos a um instrumento avaliativo. REVISTA DIDÁTICA SISTÊMICA, v. 22, n. 1, p. 9-17, 2020. Recuperado de: https://www.researchgate.net/publication/349176379_O_portfolio_na_formacao_de_professores_significados_atribuidos_a_um_instrumento_avaliativo.

COHEN, L.; MANION, L.; MORRISON, K. Research Methods in Education. 8th Edition. Oxon: Routledge, 2018. DOI: https://doi.org/10.4324/9781315456539.

COLARES, M. L. I. S.; GONÇALVES, T. O.; COLARES, A. A., LEÃO, J. P. P. O professor-pesquisador-reflexivo: debate acerca da formação de sua prática. OLHAR DE PROFESSOR, v. 14, n. 1, p. 151-165, 2011. Recuperado de: https://www.redalyc.org/pdf/684/68422119009.pdf. DOI: https://doi.org/10.5212/OlharProfr.v.14i1.0009.

COTTA, R. M. M.; COSTA, G.D. O aprender fazendo: representações sociais de estudantes da saúde sobre o portfólio reflexivo como método de ensino, aprendizagem e avaliação. COMUNICAÇÃO SAÚDE EDUCAÇÃO, 18(51):771-83, 2014. DOI: https://doi.org/10.1590/1807-57622014.0150.

COTTA, R. M. M.; COSTA, G. C., MENDONÇA, E. T. Portfólio reflexivo: uma proposta de ensino e aprendizagem orientada por competências. CIÊNCIA & SAÚDE COLETIVA, 18(6):1847-1856, 2013. DOI: https://doi.org/10.1590/S1413-81232013000600035.

DEPARTMENT FOR EDUCATION. Teachers’ standards: guidance for school leaders, school staff and governing bodies. Crown: United Kingdom, 2011. Recuperado de: https://assets.publishing.service.gov.uk/government/uploads/system/uploads/attachment_data/file/1040274/Teachers__Standards_Dec_2021.pdf

FAGUNDES, T. B. Os conceitos de professor pesquisador e professor reflexivo: perspectivas do trabalho docente. VER. BRAS. EDUC., Rio de Janeiro, v. 21, n. 65, p. 281-298, junho 2016. DOI: https://doi.org/10.1590/S1413-24782016216516.

GIBBS, G. Análise de Dados Qualitativos. Porto Alegre, Grupo A, 2011. 9788536321332. Recuperado de: https://integrada.minhabiblioteca.com.br/#/books/9788536321332/. Acesso em: 16 out. 2021.

HATTIE, J. Visible learning for teachers: maximizing impact on learning. Oxon: Routledge, 2012. DOI: https://doi.org/10.4324/9780203181522.

MATTAR, J.; RAMOS, D. K. Metodologia da pesquisa em educação: abordagens qualitativas, quantitativas e mistas. São Paulo: Edições 70. p. 138-140, 2021.

RABELO, A.O. A importância da investigação narrativa na educação. EDUC. SOC., Campinas, v. 32, n. 114, p. 171-188, jan.-mar. 2011. Recuperado de: https://www.scielo.br/j/es/a/fSZvft63V58mv3ZVGx3wVzr/?format=pdf&lang=pt. DOI: https://doi.org/10.1590/S0101-73302011000100011.

RODRIGUES, M. I. R.; CARVALHO, A. M. P. C. Professores - pesquisadores: reflexão e mudança metodológica no ensino de física - o contexto da avaliação. CIÊNC. EDUC., BAURU, v. 8, n. 1, p. 39-53, 2002. Recuperado de: https://dialnet.unirioja.es/servlet/articulo?codigo=5273981.

RODRIGUES, M. I. R. Professores-pesquisadores: reflexão e a mudança no ensino da termodinâmica. 2001. 193 F. Dissertação (Mestrado em Ensino de Ciências – Modalidade Física) – Instituto de Física e Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo, São Paulo, 2001. DOI: https://doi.org/10.1590/S1516-73132002000100004.

RODRIGUES, N. C.; PRADO, G. V. T. Narrativa autobiográfica: um jeito outro de fazer pesquisa qualitativa na educação. INVESTIGAÇÃO QUALITATIVA EM EDUCAÇÃO, v. 1. Atas CIAIQ2014, 2015. Recuperado de: https://proceedings.ciaiq.org/index.php/CIAIQ/article/view/371. DOI: https://doi.org/10.1590/S1516-73132002000100004.

SANTOS, H. T.; GARMS, G. M. Z. Método autobiográfico e metodologia de narrativas: contribuições, especificidades e possibilidades para pesquisa e formação pessoal/profissional de professores. Congresso Nacional de Formação de Professores 2; Congresso Estadual Paulista sobre Formação de Educadores 12, 2011, Águas de Lindóia. Anais 2. Congresso Nacional de Professores 12. Congresso Estadual sobre Formação de Educadores. São Paulo: UNESP; PROGRAD. p. 4094-4106, 2014. Recuperado de: https://repositorio.unesp.br/handle/11449/141766.

SCHÖN, D. The reflective practitioner: how professionals think in action. New York: Basic Books, 1983.

SELLAR, M. Reflective practice for teachers. 2nd ed. Chapter 1. Newcastle: Sage, 2017.

TES. The 12 months that threatened to tear education apart and how schools found a way to hold it together. TES, n. 5445, 19 março, 2021. p.20.

TES INSTITUTE. Straight to Teaching website. Descrição do curso. Acesso em 19 julho 2021. Recuperado de: https://www.tes.com/institute/straight-to-teaching-qts.

Downloads

Publicado

2022-07-13

Como Citar

RUY PEREIRA, D.; RODRIGUES, M. I. R. O portfólio reflexivo na formação de professores-pesquisadores-reflexivos: uma experiência autobiográfica. Olhares & Trilhas, [S. l.], v. 24, n. 1, 2022. DOI: 10.14393/OT2022v24.n.1.64547. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/olharesetrilhas/article/view/64547. Acesso em: 13 ago. 2022.