Blogs no ensino e formação de professores de inglês

Autores

DOI:

https://doi.org/10.14393/OT2023v25.n.1.66533

Palavras-chave:

Ensino de línguas. Formação de professor. Educação Básica

Resumo

Este artigo discute as contribuições de um curso on-line, voltado para a produção do gênero digital blog, para a formação do professor de inglês. Fundamentamo-nos no Modelo de Operação Global da Formação de Professores de Línguas e em estudos sobre gêneros digitais e multimodalidade. Participaram do curso estudantes de Letras, Educação do Campo e professores da Educação Básica. Selecionamos uma amostra de seis blogs em que analisamos o processo de criação, priorizando as condições de produção e as ações de design. Os resultados demonstraram que os participantes foram capazes de desenvolver um blog para o ensino de inglês no contexto da Educação Básica, além de se tornarem mais críticos a respeito do processo de criação desse gênero digital. Isso aponta a importância de cursos de formação voltados para os gêneros digitais para o desenvolvimento do perfil e da prática pedagógica do professor, o que se mostra mais relevante em tempos pandêmicos, em razão da necessidade da adoção dos gêneros digitais no ensino remoto.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Hejaine Oliveira Fonseca, Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri -UFVJM

Professora de Língua Inglesa do Curso de Letras/UFVJM

Referências

AGUIAR, Adriana Aparecida Souza. Gêneros textuais e produção de texto em inglês. In: DIAS, R.; DELL’ISOLA, R. L. P. (org.). Gêneros textuais: teoria e prática de ensino em LE. Campinas, SP: Mercado de Letras, 2012. p. 35-61

ALMEIDA FILHO, José Carlos Paes de. (org.). Estrutura e funcionamento das competências de professores e aprendizes de línguas. Campinas, SP: Pontes Editores, 2016.

ALMEIDA FILHO, José Carlos Paes de. Léxico Vital da Área de Ensino de Línguas: Na Perspectiva da Ciência Aplicada da linguagem. Brasília, DF, 2022. (em fase de elaboração).

ALMEIDA FILHO, José Carlos Paes de. Sobre competências de ensinar e de aprender línguas. In: ALMEIDA FILHO, José Carlos Paes de. (org.). Competências de aprendizes e professores de línguas. Campinas, SP: Pontes Editores, 2018. p. 11-34.

COSCARELLI, Carla Viana. Ensino de língua: surtos durante a pandemia. In: RIBEIRO, Ana Elisa; VECCHIO, Pollyana de Matos Moura (org.). Tecnologias digitais e escola: reflexões no projeto aula aberta durante a pandemia. 1. ed. São Paulo: Parábola, 2020. p. 15-20.

COSCARELLI, Carla; RIBEIRO, Ana Elisa (org.). Letramento digital: aspectos sociais e possibilidades pedagógicas. Belo Horizonte: Ceale; Autêntica, 2005.

CRUZ. Letícia Telles da. Entre o dizer e o fazer: Implicações das crenças de professores em formação sobre o ensino de LI em escolas pública. 2017. 181f. Tese (Programa de Pós-Graduação em Língua e Cultura) – Instituto de Letras, Universidade Federal da Bahia, Salvador, 2017.

DIAS, Reinildes. Gêneros digitais e multimodalidade: oportunidades on-line para a escrita e a produção oral em inglês no contexto da Educação Básica. In: DIAS, R.; DELL’ISOLA, R. L. P. (org.). Gêneros textuais: teoria e prática de ensino em LE. Campinas, SP: Mercado de Letras, 2012.p. 295-315.

FONSECA, Hejaine de Oliveira. Navegar é preciso: A internet como ferramenta suplementar na leitura e escrita em inglês. Dissertação de Mestrado, UFU. Uberlândia, 2007.

KERSCH, Dorotea Frank et al. (org.) Multiletramentos e multimodalidade: ações pedagógicas aplicadas à linguagem. Campinas, SP. Pontes Editores, 2016. 187 p.

KINOSHITA, Luciana. Crenças e expectativas sobre ensinar/aprender a ser professor de língua estrangeira (Representações de graduandos, formadores e agentes governamentais): o caso da formação docente inicial da Unifesspa. 2018. 770p. Tese (Programa de Pós-Graduação em Educação) – Faculdade de Educação, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2018.

MARCUSCHI, Luiz Antônio. Gêneros textuais: definição e funcionalidade. In: DIONÍSIO, Ângela Paiva et al. (Org.). Gêneros textuais e ensino. Rio de Janeiro: Lucerna, 2007.p. 19-36.

OLIVEIRA, Maria Bernadete Fernandes de; Souza, Albanyra dos Santos. Uma experiência com alunos de Letras em formação inicial: Construindo blogs em sala de aula. The Especialist. Vol. 39, n. 3, p. 1-16, 2018. DOI: 10.23925/2318-7115.2018v39i3a4

PAIVA, Vera Lúcia Menezes de Oliveira. Interação e aprendizagem em ambiente virtual. Belo Horizonte: Fale – UFMG, 2001.

PAIVA, Vera Lúcia Menezes de Oliveira. O papel da educação à distância na política de ensino de línguas. In: MENDES, Eliana Amarante de Mendonça et al. (org.). Revisitações: edição comemorativa: 30 anos da Faculdade de Letras/UFMG. Belo Horizonte: Fale - UFMG, 1999. p. 41-57.

PINTO, Abuêndia Padilha. Gêneros discursivos e ensino de Língua Inglesa. In: DIONÍSIO, Ângela Paiva et al (org.). Gêneros textuais e ensino. Rio de Janeiro: Lucerna, 2007. p. 47-57.

RIBEIRO, Ana Elisa. Escrever, hoje: palavra, imagem e tecnologias digitais na educação. São Paulo, SP: Parábola, 2018.

SILVA, Ludmilia Souza da. O blog e autonomia no ensino/aprendizagem de inglês como língua estrangeira: um estudo em uma turma do Curso de Letras da faculdade Unime-Lauro de Freitas. 2009. 134f. Dissertação (Mestrado em Linguística Aplicada) – Programa de Pós-Graduação em Linguística Aplicada, Faculdade de Letras, Universidade Federal da Bahia, Salvador, 2009.

WRIGHT, Glauco. Conhecimento: questões da sustentação de competências de professores de línguas. In: ALMEIDA FILHO, José Carlos Paes de. (org.). Estrutura e funcionamento das competências de professores e aprendizes de línguas. Campinas, SP: Pontes Editores, 2016. p. 23-30.

Downloads

Publicado

2023-02-24

Como Citar

OLIVEIRA FONSECA, H. . Blogs no ensino e formação de professores de inglês. Olhares & Trilhas, [S. l.], v. 25, n. 1, p. 1–24, 2023. DOI: 10.14393/OT2023v25.n.1.66533. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/olharesetrilhas/article/view/66533. Acesso em: 18 maio. 2024.