A teoria algébrica de formas quadráticas aplicada a uma disputa entre dois orixás

Autores

DOI:

https://doi.org/10.14393/BEJOM-v2-n4-2021-58457

Palavras-chave:

Teoria algébrica de formas quadráticas, formas quadráticas, candomblé brasileiro.

Resumo

Esta é uma pequena introdução lúdica à Teoria Algébrica de Formas Quadráticas, como apresentada em [1], e intermediada por fábulas ou anedotas do Candomblé brasileiro contadas em [2], no intuito de expor e fortalecer a Teoria de Formas Quadráticas perante a comunidade brasileira, dado que esta é uma teoria abrangente dentro da matemática (por exemplo, com conexões em teoria dos números e geometria algébrica real), e com importantes contribuições dadas por matemáticos latino-americanos, como por exemplo, as contribuições dos professores F. Miraglia e M. Dickmann nos artigos [3] e [4], e a contribuição do professor M. Spira no artigo [5]. O texto se concentra em apresentar os conceitos iniciais da teoria, como forma quadrática, espaços quadráticos, elementos representados por uma forma, discriminante, hiperbolicidade, anisotropia e diagonalização de formas. Após isso é apresentada uma fábula (inspirada pelo estilo de R. Smullyan em [6], e pelos jogos topológicos) envolvendo uma disputa entre Orixás solucionada através de um jogo que utiliza elementos da aritmética de formas quadráticas, como forma lúdica de envolver/interessar o leitor na bela teoria de formas quadráticas através de elementos da cultura afro-brasileira.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Kaique Matias de Andrade Roberto, Universidade de São Paulo

Kaique M. A. Roberto é Bacharel, Mestre e Doutorando em Matemática pelo Instituto de Matemática e Estatística da Universidade de São Paulo, pesquisando em álgebra e lógica desde então. Mais especificamente, trabalha com teorias de formas quadráticas, multiálgebras, lógica algébrica e teoria dos modelos. Para além da matemática, corinthiano de coração e candomblecista de paixão, e fissurado por café, doces e acarajé.

Hugo Luiz Mariano, Universidade de São Paulo

Hugo Luiz Mariano é professor associado no Instituto de Matemática e Estatística da Universidade de São Paulo, pesquisando em álgebra e lógica desde então. Mais especificamente, trabalha com teorias de formas quadráticas, teoria de categorias, multiálgebras, lógica algébrica e teoria dos modelos. Para além da matemática, tem por maior diversão curtir esposa e filhos (e um bom café).

Downloads

Publicado

2021-04-14

Como Citar

Roberto, K. M. de A., & Luiz Mariano, H. (2021). A teoria algébrica de formas quadráticas aplicada a uma disputa entre dois orixás. BRAZILIAN ELECTRONIC JOURNAL OF MATHEMATICS, 2(4), 48–80. https://doi.org/10.14393/BEJOM-v2-n4-2021-58457

Edição

Seção

Artigos - Matemática Pura