Estimativa da Umidade do Solo por Refletometria GNSS: uma Revisão Conceitual

Conteúdo do artigo principal

Jorge Felipe Euriques
https://orcid.org/0000-0001-9234-7551
Claudia Pereira Krueger
https://orcid.org/0000-0002-4839-1317
Wagner Carrupt Machado
https://orcid.org/0000-0003-3112-7808
Luiz Fernando Sapucci
https://orcid.org/0000-0001-8420-8033
Felipe Geremia-Nievinski
https://orcid.org/0000-0002-3325-1987

Resumo

O monitoramento da umidade do solo possibilita o manejo e uso eficiente de recursos hídricos, sendo uma atividade importante em diversas áreas, tais como: no monitoramento de áreas de risco; delimitação de áreas suscetíveis a enchentes; atividades da geotecnia; e na agricultura. A Refletometria GNSS (GNSS-R) é um desenvolvimento científico e tecnológico que permite realizar sensoriamento remoto ou proximal, a depender da altura da antena em relação à superfície, com satélites de navegação. Neste método, explora-se os sinais GNSS que chegam à antena receptora de maneira direta e indireta, após reflexão nas superfícies existentes no entorno da antena. A combinação destes dois sinais ocasiona o efeito de multicaminho, que afeta as observáveis GNSS e deteriora o posicionamento. Por outro lado, ao interagir com estas superfícies, o sinal indireto permite estimar atributos acerca das superfícies, como por exemplo a umidade do solo. Uma das principais vantagens em relação aos métodos convencionais reside no fato do GNSS-R proporcionar uma área de abrangência intermediária e o uso da estrutura bem estabelecida dos satélites GNSS, que garantem resolução temporal apropriada. O escopo deste trabalho é apresentar uma revisão conceitual acerca do GNSS-R aplicado no monitoramento da umidade do solo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Detalhes do artigo

Como Citar
EURIQUES , J. F. .; KRUEGER , C. P.; MACHADO , W. C. .; SAPUCCI, L. F.; GEREMIA-NIEVINSKI , F. Estimativa da Umidade do Solo por Refletometria GNSS: uma Revisão Conceitual. Revista Brasileira de Cartografia, [S. l.], v. 73, n. 2, p. 390–412, 2021. DOI: 10.14393/rbcv73n2-55033. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/revistabrasileiracartografia/article/view/55033. Acesso em: 29 nov. 2022.
Seção
Artigos de Revisão

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)