O USO DA IDE NA GESTÃO TERRITORIAL

Conteúdo do artigo principal

João Alexandre de Sousa Neto
Andréa Flávia Tenório Carneiro
Silvane Karoline Silva Paixão

Resumo

O Brasil possui uma escassez de dados sobre o território. Isto acontece pela falta de compartilhamento de dados nas esferas locais, regionais e nacional. O não compartilhamento deste tipo de dado gera a recoleta e o desperdício do dinheiro público que poderia ser destinado para outros fins. Com isto, surge a necessidade de uma estrutura que compartilhe estes dados, facilitando o acesso à informação espacial e reduzindo os gastos com coleta dos mesmos. Desde 2008, a Infraestrutura Nacional de Dados Espaciais - INDE, no Brasil, vem sendo discutida. Uma IDE é fundamentada na concepção de uma infraestrutura baseada na relação hierárquica entre as diversas esferas governamentais, envolvendo não só a padronização e a definição de metadados, mas também desenvolvendo políticas de compartilhamento e acesso aos dados geoespaciais. Este artigo descreve, em linhas gerais, o que é uma IDE e como ela se relaciona com o cadastro e a gestão territorial.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Detalhes do artigo

Como Citar
DE SOUSA NETO, J. A.; TENÓRIO CARNEIRO, A. F.; SILVA PAIXÃO, S. K. O USO DA IDE NA GESTÃO TERRITORIAL. Revista Brasileira de Cartografia, [S. l.], v. 63, n. 3, 2012. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/revistabrasileiracartografia/article/view/43745. Acesso em: 23 maio. 2022.
Seção
Artigos
Biografia do Autor

João Alexandre de Sousa Neto, Procenge

Gerência de Geoprocessamento

Andréa Flávia Tenório Carneiro, UFPE - Universidade Federal de Pernambuco

Programa de Pós-Graduação em Ciências Geodésicas e Tecnologias da Geoinformação

Silvane Karoline Silva Paixão, UNB - University of New Brunswick

Department of Surveying Engineering