DIAGNÓSTICO DA PERSPECTIVA DO USUÁRIO NA CRIAÇÃO DE INFRAESTRUTURAS DE DADOS ESPACIAIS SUBNACIONAIS: ESTUDO DE CASO PARA A REGIÃO METROPOLITANA DE CURITIBA

Conteúdo do artigo principal

Adriana Alexandria Machado
Silvana Philippi Camboim

Resumo

Entre os principais objetivos de uma IDE (Infraestrutura de Dados Espaciais) estão os de subsidiar a tomada de decisões, a melhoria nas ações resultantes do planejamento e a gestão focada no desenvolvimento. Todos estes objetivos beneï¬ciam-se da informação geoespacial. Este artigo apresenta um método de diagnóstico para a criação de uma IDE para a Região Metropolitana de Curitiba (RMC) através da aplicação de questionários. Os principais resultados obtidos foram a identiï¬cação de que tipos de dados geoespaciais são utilizados, as formas de acesso, que tipo de dados são produzidos, como são disponibilizados e compartilhados pelas instituições, bem como a formação do quadro proï¬ssional e quais fatores impedem ou são necessários para a instituição de uma IDE na RMC. A principal contribuição da pesquisa é fomentar a criação de IDEs em nível subnacional no país de acordo com as diretrizes da INDE (Infraestrutura Nacional de Dados Espaciais) e, orientar seu desenvolvimento para que sejam conduzidas considerando as perspectivas e necessidades dos usuários, de modo a contribuir com infraestruturas participativas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Detalhes do artigo

Como Citar
MACHADO, A. A.; CAMBOIM, S. P. DIAGNÓSTICO DA PERSPECTIVA DO USUÁRIO NA CRIAÇÃO DE INFRAESTRUTURAS DE DADOS ESPACIAIS SUBNACIONAIS: ESTUDO DE CASO PARA A REGIÃO METROPOLITANA DE CURITIBA. Revista Brasileira de Cartografia, [S. l.], v. 68, n. 8, 2016. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/revistabrasileiracartografia/article/view/44384. Acesso em: 11 ago. 2022.
Seção
Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)