INVESTIGAÇÃO EPIDEMIOLÓGICA DA DISTRIBUIÇÃO GEOGRÁFICA DO AEDES AEGYPTI NA CIDADE DE MONTES CLAROS (MG) COM USO DE GEOTECNOLOGIAS

Conteúdo do artigo principal

Diego de Sousa Ribeiro Fonseca
Cynara Kaliny Ribeiro Braz

Resumo

A finalidade deste trabalho é fazer um diagnóstico sobre a distribuição espacial do mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, na área urbana de Montes Claros (MG), com dados do ano de 2008 do Centro de Zoonoses desta cidade. Partindo desse intento, foram empregadas as Geotecnologias como ferramentas para tratamento e análise das informações. Nesse processo, averiguou-se que a infestação pelo mosquito está atrelada a um conjunto de fatores, de cunho: físico-ambiental, intempérico e, principalmente, preventivo. A metodologia empregada foi: aquisição de informações quantitativas, geração de banco de dados, manipulação de imagens de satélite, processamento, geração de materiais cartográficos e discussão dos resultados. O produto a que se chegou foi a constatação de que a população montesclarense deve imprimir, mais eficientemente ações diretas de combate ao mosquito, e o poder público deve atuar no controle sistemático da praga e na prevenção, através do planejamento urbano-ambiental e educacional da comunidade.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Detalhes do artigo

Como Citar
FONSECA, D. de S. R.; BRAZ, C. K. R. INVESTIGAÇÃO EPIDEMIOLÓGICA DA DISTRIBUIÇÃO GEOGRÁFICA DO AEDES AEGYPTI NA CIDADE DE MONTES CLAROS (MG) COM USO DE GEOTECNOLOGIAS. Revista Brasileira de Cartografia, [S. l.], v. 62, n. 3, 2011. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/revistabrasileiracartografia/article/view/43685. Acesso em: 11 ago. 2022.
Seção
Artigos
Biografia do Autor

Diego de Sousa Ribeiro Fonseca, UFMG- Universidade Federal de Minas Gerais

Núcleo de Ciências Agrárias

Cynara Kaliny Ribeiro Braz, UNIMONTES - Universidade Estadual de Montes Claros

UNIMONTES - Universidade Estadual de Montes Claros