Percursos de Venuti nos Estudos da Tradução no Brasil

Um estudo bibliométrico em teses e dissertações

Autores

DOI:

https://doi.org/10.14393/LL63-v39-2023-06

Palavras-chave:

Estudos da Tradução, Bibliometria, Transferência cultural de saberes, Lawrence Venuti, Estrangeirização

Resumo

As publicações de Lawrence Venuti na área dos Estudos da Tradução ganharam destaque como referencial teórico no Brasil a partir da década de 1990. Seus postulados vêm sendo empregados por pesquisadores brasileiros como arcabouço teórico-metodológico para discutir aspectos relativos à teoria e prática da tradução, e seus principais conceitos, a estrangeirização e a domesticação, chegam a circular como itens lexicais gerais dada a sua popularidade entre os pesquisadores. Este artigo tem como objetivo rastrear os percursos do teórico Lawrence Venuti no Brasil apresentando o contexto temporal e geoinstitucional de uso de suas obras e pensamentos no Brasil, bem como identificar seus principais mediadores, observando, a partir deste estudo de caso, de forma exemplar, atuais processos internacionais de circulação e de transferência cultural de saberes. Trata-se de uma pesquisa quali-quantitativa baseada em levantamento bibliométrico de dissertações e teses publicadas no Catálogo de Teses e Dissertações da CAPES. Resultados apontam para a concentração de pesquisas no eixo sul-sudeste brasileiro ligadas a programas institucionais de Estudos da Tradução, para a diversidade de mediadores na área acadêmica, para o uso de obras teóricas de Venuti publicadas na década de 1990, e para a apropriação do seu conhecimento por pesquisadores brasileiros em diversos campos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Priscila de Oliveira Novais Lima, Universidade Federal da Paraíba

Graduação em Tradução pela UFPB. Mestre em Linguística pelo PROLING - Programa de Pós Graduação em Linguística da UFPB. Doutora em Letras pelo PPGL - Programa de Pós Graduação em Letras da UFPB. 

Wiebke Röben de Alencar Xavier, Universidade Federal do Rio Grande do Norte

Graduada em Licenciatura em Língua e Literaturas de língua alemã e francesa, e doutora em Literatura pela Universität Osnabrück/Alemanha. Atualmente é Professora Associada II da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Departamento de Línguas e Literaturas Estrangeiras Modernas, Professora permanente do Programa de Pós-Graduação em Estudos da Linguagem (PPgEL) da UFRN e Colaboradora do Programa de Pós-graduação em Letras da UFPB. 

Roberto Carlos de Assis, Universidade Federal da Paraíba

Doutor em Linguística Aplicada pela Universidade Federal de Minas Gerais. Professor Associado da Universidade Federal da Paraíba

Referências

ALVES, Daniel Antônio de Sousa; VASCONCELLOS, Maria Lucia Barbosa. Metodologias de pesquisa em Estudos da Tradução: uma análise bibliométrica de teses e dissertações produzidas no Brasil entre 2006-2010. DELTA, São Paulo, v. 32, n. 2, p. 375-404, 2016. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-44502016000200375&lng=en &nrm=iso. Acesso em: 10 nov. 2020.

BARBOSA, Rayanne Silva. Um estudo bibliométrico sobre audiodescrição em dissertações de mestrado e teses de doutorado produzidas no Brasil entre os anos de 2009 a 2018. In: ESQUEDA, Marileide Dias (org.) Estudos bibliométricos e cienciométricos em Tradução: tendências métodos e aplicações. 1. ed. Curitiba: Editora CRV, 2020.

CAMARGO, Katia Aily Franco de; AIXELÁ, Javier Franco. Análise bibliométrica da pesquisa em Estudos da Tradução e Interpretação (ETI) em nível de doutorado no Brasil. Cadernos de Tradução, Florianópolis, v. 39, n. 2, p. 116-145, 2019. Disponível em: https://doi.org/10.5007/2175-7968.2019v39n2p116. Acesso em: 29 jan. 2021.

CATÁLOGO DE TESES E DISSERTAÇÕES. CAPES. Versão 0.0.41, 2016. Disponível em: https://catalogodeteses.capes.gov.br/catalogo-teses/#!/. Acesso em: 14 out. 2020.

ECHEVERRI, Álvaro. About maps, versions and translations of Translation Studies: a look into the metaturn of translatology. Perspectives, v. 25, n. 4, p. 521-539, 2017. Disponível em: https://www.tandfonline.com/doi/full/10.1080/0907676X.2017.1290665. Acesso em: 17 jan. 22.

ESPAGNE, Michel. Transferências culturais e história do livro. Tradução de Valéria Guimarães. LIVRO: Revista do Núcleo de Estudos e da Edição, n. 2, São Paulo, p. 21-34, 2012 [2009].

ESPAGNE, Michel. A noção de transferência cultural. Tradução de Dirceu Magri. Jangada, n. 9, p. 136-147, jan./jun. 2017. Disponível em: https://www.revistajangada.ufv.br/ Jangada/article/download/60/70/. Acesso em: 11 out. 2021.

ESQUEDA, Marileide Dias (org.) Estudos bibliométricos e cienciométricos em Tradução: tendências métodos e aplicações. 1. ed. Curitiba: Editora CRV, 2020.

FRANÇA, Leticia Della Giacoma de. Caminhos do pensamento tradutório de Lawrence Venuti. 2014. Dissertação (Mestrado em Letras), Universidade Federal do Paraná, Curitiba, 2014. 167f. Disponível em: https://hdl.handle.net/1884/37133. Acesso em: 10 nov. 2020.

LIMA, Priscila de Oliveira Novais. Venuti no Brasil: um estudo bibliométrico em teses e dissertações. 2022. 179 f. Tese (Doutorado em Letras), Universidade Federal da Paraíba, 2022. 179f.

MARTINS, Márcia Amaral Peixoto. As contribuições de André Lefevere e Lawrence Venuti para teoria da tradução. Cadernos de Letras, v. 27, p. 59-72, 2010. Disponível em: https://cutt.ly/ogdFxZM. Acesso em: 13 out. 2020.

RENN, Jürgen; HYMAN, Malcolm D. The Globalization of Knowledge in History: An Introduction. In: RENN, Jürgen (org.). The Globalization of Knowledge in History. Berlin: ProBusiness, 2017. p. 17-44. Disponível em: https://www.mprl-series.mpg.de/studies/1/toc.html. Acesso em: 14 out. 2020.

SNELL-HORNBY, Mary. A “estrangeirização” de Venuti: o legado de Friedrich Schleiermacher aos Estudos da Tradução? Tradução de Marcelo Victor de Souza Moreira. Revisão de Tinka Reichmann. Pandaemonium Germanicum, v. 15, n. 19. São Paulo, p. 185-212, jul. 2012. Disponível em: https://doi.org/10.1590/S1982-88372012000100010. Acesso em: 10 nov. 2020.

VENUTI, Lawrence. The Translator's Invisibility. Criticism, v. 28, p. 179-212, 1986.

VENUTI, Lawrence. Genealogies of Translation Theory. TTR Traduction, Terminologie, Rédaction, v. 4, n. 2, p. 125-150, 1991.

VENUTI, Lawrence. Rethinking Translation: Discourse, Subjectivity, Ideology. London: Routledge, 1992.

VENUTI, Lawrence. The Translator’s Invisibility: A History of Translation. 1. ed. London: Routledge, 1995a.

VENUTI, Lawrence. A invisibilidade do tradutor. Tradução de Carolina Alfaro de Carvalho. PaLavra, Rio de Janeiro, n. 3, p. 111-134, 1995b. Disponível em: http://www.letras.puc-rio.br/unidades&nucleos/publicacoes/palavra3.html. Acesso em: 10 nov. 2020.

VENUTI, Lawrence. The Scandals of Translation: Towards an Ethics of Difference. London: Routledge, 1998.

VENUTI, Lawrence. The Translator’s Invisibility: A History of Translation. 2. ed. London: Routledge, 2008.

VENUTI, Lawrence. Towards a translation culture. In: VENUTI, Lawrence. Translation changes everything: theory and practice. London: Routledge, 2013. p. 231-248.

VENUTI, Lawrence. Escândalos da Tradução: Por uma ética da diferença. Tradução de Laureano Pelegrini, Lucinéia Marcelino Villela, Marileide Dias Esqueda e Valéria Biondo. Revisão técnica de Stella Tagnin. São Paulo: Editora UNESP, 2019.

Downloads

Publicado

2023-05-25

Como Citar

LIMA, P. de O. N.; XAVIER, W. R. de A.; ASSIS, R. C. de. Percursos de Venuti nos Estudos da Tradução no Brasil: Um estudo bibliométrico em teses e dissertações. Letras & Letras, Uberlândia, v. 39, n. único, p. e3806 | p. 1–28, 2023. DOI: 10.14393/LL63-v39-2023-06. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/letraseletras/article/view/68629. Acesso em: 18 maio. 2024.