Otimização da Integração de Topônimos por Similaridade Lexical

Conteúdo do artigo principal

Lanna Kallen Parreiras
https://orcid.org/0000-0002-5983-6991
Fredy Sales Ribeiro
https://orcid.org/0000-0002-4255-6790
Vagner Braga Nunes Coelho
https://orcid.org/0000-0002-7512-2024

Resumo

Feições identificáveis do mundo real são, por intermédio de funções de mapeamento, instanciadas em um Banco de Dados Geográfico (BDG) como representações dessa realidade. Essas representações são individualizadas pelos atributos especificadores da classe mapeada. Entre esses atributos estão pelo menos uma geometria e um nome identificador (topônimo) associado à chave primária. No entanto, diferentes produtores de dados interpretam a realidade com pequenas discrepâncias, tornando algumas representações de características mapeadas semelhantes, mas não idênticas. Em particular, os topônimos têm pequenas diferenças resultantes de modificações ao longo dos anos, da forma como são soletrados ou, também, devido a erros humanos no registro dos dados. Portanto, ao tentar integrar diferentes BDGs, por meio de topônimos, eles não favorecem um pareamento total, uma vez que os registros não são identificados como sendo representativos da mesma realidade. No caso específico da classe toponímia, isso ocorre principalmente devido a erros de digitação decorrentes do processo de inserção de dados, especialmente pela inversão no posicionamento dos caracteres dentro da palavra. Nesta pesquisa, foi desenvolvida uma melhoria no Coeficiente de Dados e comparada com o método original aplicado em três BDGs distintos. A análise foi baseada nas frequências de caracteres e bigramas existentes nessas bases. A melhoria proposta baseou-se na hipótese de que bigramas invertidos, como 'αβ' e 'βα', podem, segundo certos critérios, ser admitidos como semelhantes. A análise identificou os caracteres mais comuns e os bigramas mais frequentes nas bases, cuja associação com uma análise da distância normalizada em um teclado padrão, permitiu a identificação de uma série de pares de bigramas considerados semelhantes. Essa proposta permitiu um aumento médio de 0,58% no total de instâncias pareadas nos BDGs testados.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Detalhes do artigo

Como Citar
PARREIRAS, L. K.; RIBEIRO, F. S.; COELHO, V. B. N. Otimização da Integração de Topônimos por Similaridade Lexical. Revista Brasileira de Cartografia, [S. l.], v. 74, n. 2, p. 290–304, 2022. DOI: 10.14393/rbcv74n2-64136. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/revistabrasileiracartografia/article/view/64136. Acesso em: 14 jul. 2024.
Seção
Artigos Originais

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)