Zoneamento Edafoclimático: Metodologia e Aplicação no Cultivo da Maçã em uma Bacia Hidrográfica Brasileira

Conteúdo do artigo principal

Geise Macedo dos Santos
https://orcid.org/0000-0003-0471-7984
Gisele Cemin
https://orcid.org/0000-0003-1274-8000
Taison Anderson Bortolin
https://orcid.org/0000-0003-0905-5684
Vania Elisabete Schneider
https://orcid.org/0000-0001-8217-3607

Resumo

O planejamento do uso e ocupação do solo é indispensável quando se trata de buscar os melhores resultados tendo em vista a sustentabilidade socioeconômica e ambiental. Neste contexto, Sistemas de Informação Geográfica são ferramentas que permitem através do mapeamento identificar características físicas e climáticas visando o melhor resultado para um cultivo em particular o que caracteriza o zoneamento edafoclimático. Este artigo objetivou elaborar e aplicar uma metodologia para criar um zoneamento edafoclimático, focado no cultivo da maçã, tendo como unidade de estudo a bacia hidrográfica do rio Socorro, localizada no interior do município de Vacaria, Brasil. Foram considerados como parâmetros climáticos a demanda hídrica e o repouso hibernal e como parâmetros físicos a pedologia, áreas de preservação permanente, uso do solo e declividade, obtendo-se um mapa com a representação de áreas aptas e restritas. Os resultados apontaram cerca de 80% da bacia hidrográfica corresponde a áreas aptas para o cultivo de maçã. A metodologia proposta pode ser aplicada a outras regiões e outros cultivos subsidiando assim a tomada de decisão quanto ao uso e ocupação do solo, sensibilidades e potencialidades.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Detalhes do artigo

Como Citar
SANTOS, G. M. dos .; CEMIN, G.; BORTOLIN, T. A.; SCHNEIDER, V. E. . Zoneamento Edafoclimático: Metodologia e Aplicação no Cultivo da Maçã em uma Bacia Hidrográfica Brasileira . Revista Brasileira de Cartografia, [S. l.], v. 72, n. 2, p. 190–201, 2020. DOI: 10.14393/rbcv72n2-48890. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/revistabrasileiracartografia/article/view/48890. Acesso em: 12 ago. 2022.
Seção
Artigos Originais