SUSCEPTIBILIDADE E POTENCIAL ATUAL À EROSÃO HÍDRICA DOS SOLOS NA BACIA HIDROGRÁFICA DO RIO CABAÇAL, MATO GROSSO, BRASIL

Conteúdo do artigo principal

Jucélio Marcos Carvalho
Ronaldo José Neves
Milson Evaldo Serafim
Sandra Mara Alves da Silva Neves
Jesã Pereira Kreitlow
Larissa Espinosa de Freitas

Resumo

A expansão das atividades agropecuárias em desconformidade com as potencialidades e limitações das terras constitui uma das fontes potenciais de degradação dos solos, implicando em elevados custos para recuperação das áreas degradadas. Nesse sentido, o objetivo deste estudo é avaliar a susceptibilidade e potencial atual à erosão hídrica dos solos da bacia hidrográfica do rio Cabaçal-MT. Foram gerados mapas de erodibilidade dos solos, por meio da inserção dos índices de erodibilidade de cada classe de solo; susceptibilidade à erosão por meio da sobreposição dos mapas de grau de erodibilidade e declividade; mapas de cobertura vegetal e uso dos solos; potencial à erosão, por meio da associação dos mapas de susceptibilidade e uso dos solos. Os solos predominantes na bacia são os Argissolos Vermelho Amarelo, que associados ao relevo plano resultou na predominância das classes de extremamente susceptíveis e muito susceptíveis à erosão, correspondendo a 72,07% da área de estudo. Em 59,06% na bacia ocorre cobertura vegetal de baixo e médio porte, com atividade antrópica moderada constituída por culturas perenes, como cana de açúcar e pastagens. Da área da bacia 56,69% apresenta médio potencial à erosão, evidenciando a necessidade de adequação do uso dos solos com as suas aptidões e potencialidades. Constatou-se como necessário a implementação de manejos conservacionistas nas áreas rurais da bacia com o intuito de reduzir a degradação dos solos e, por consequência, a dos recursos hídricos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Detalhes do artigo

Como Citar
CARVALHO, J. M.; NEVES, R. J.; SERAFIM, M. E.; ALVES DA SILVA NEVES, S. M.; PEREIRA KREITLOW, J.; FREITAS, L. E. de. SUSCEPTIBILIDADE E POTENCIAL ATUAL À EROSÃO HÍDRICA DOS SOLOS NA BACIA HIDROGRÁFICA DO RIO CABAÇAL, MATO GROSSO, BRASIL. Revista Brasileira de Cartografia, [S. l.], v. 69, n. 9, 2018. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/revistabrasileiracartografia/article/view/44083. Acesso em: 25 maio. 2022.
Seção
Artigos
Biografia do Autor

Ronaldo José Neves, Universidade do Estado de Mato Grosso-UNEMAT/Campus Cáceres.

Laboratório de Geotecnologias. Av. Santos Dumont, s/n. Bairro: Santos Dumont. CEP: 78200-000, Cáceres/MT- Brasil.

Milson Evaldo Serafim, Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia de Mato Grosso

Av. dos Ramires, s/n - CEP: 78.200-000, Cáceres/MT- Brasil.

Sandra Mara Alves da Silva Neves, Universidade do Estado de Mato Grosso-UNEMAT/Campus Cáceres.

Laboratório de Geotecnologias. Av. Santos Dumont, s/n. Bairro: Santos Dumont. CEP: 78200-000, Cáceres/MT- Brasil.

Jesã Pereira Kreitlow, Universidade do Estado de Mato Grosso-UNEMAT/Campus Cáceres.

Laboratório de Geotecnologias. Av. Santos Dumont, s/n. Bairro: Santos Dumont. CEP: 78200-000, Cáceres/MT- Brasil.

Larissa Espinosa de Freitas, Universidade do Estado de Mato Grosso/ Mestre em Ambiente e Sistemas de Produção Agrícola

Mestre em Ambiente e Sistemas de Produção Agrícola