ANÁLISE GLOBAL DOS EFEITOS PROVOCADOS PELA EXPLOSÃO SOLAR DE 28 DE OUTUBRO DE 2003 NO TEC E NO POSICIONAMENTO POR PONTO

Conteúdo do artigo principal

Johny Sartori Ruviaro
Marcelo Tomio Matsuoka
Paulo de Oliveira Camargo

Resumo

A ionosfera é a principal fonte de erro das observáveis GNSS. Esse erro é diretamente proporcional ao TEC presente ao longo da trajetória percorrida pelo sinal na ionosfera e inversamente proporcional ao quadrado da frequência do sinal transmitido. O TEC, em geral, varia regularmente no tempo e no espaço. No entanto, ele pode sofrer abruptas modificações em seu comportamento devido, por exemplo, a ocorrência de intensas explosões solares, ejeções de massa da corona, entre outros eventos. Este artigo tem por objetivo analisar a influência, em um contexto global, da intensa explosão solar do dia 28 de outubro de 2003 no comportamento do TEC e na performance do posicionamento por ponto utilizando dados de 28 estações da rede mundial do IGS.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Detalhes do artigo

Como Citar
RUVIARO, J. S.; MATSUOKA, M. T.; CAMARGO, P. de O. ANÁLISE GLOBAL DOS EFEITOS PROVOCADOS PELA EXPLOSÃO SOLAR DE 28 DE OUTUBRO DE 2003 NO TEC E NO POSICIONAMENTO POR PONTO. Revista Brasileira de Cartografia, [S. l.], v. 65, n. 1, 2013. DOI: 10.14393/rbcv65n1-44793. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/revistabrasileiracartografia/article/view/44793. Acesso em: 27 nov. 2022.
Seção
Artigos
Biografia do Autor

Johny Sartori Ruviaro, Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Marcelo Tomio Matsuoka, Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Paulo de Oliveira Camargo, Universidade Estadual Paulista

Universidade Estadual Paulista

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)