CARACTERÍSTICAS E MEDIDAS DO URBANO: RELAÇÕES ESPACIAIS CRÍTICAS ENTRE SERVIÇOS URBANOS E USUÁRIOS

Conteúdo do artigo principal

Romulo Krafta
Décio Bevilacqua

Resumo

Este trabalho reporta pesquisa em uma das dimensões básicas da estrutura espacial urbana - a relação entre residentes e sistema de serviços, a partir da estrutura conceitual dos sistemas complexos, utilizando meios quantitativos. O pressuposto inicial é que um sistema de serviços concentrado em um ponto, oportuniza a fixação e expansão de uma população residente (Alonso 1964, Allen 1997); o foco, entretanto, é posto na evolução do sistema, que se supõe convergente a um padrão de criticalidade auto-organizada. A hipótese básica aqui é que o sistema de serviços estimula a expansão da cidade (mediante a oferta de novas residências), aumentando continuamente a distância média do sistema, até atingir um ponto crítico (Bak 1988). Nesse momento o sistema de serviços sofre mudança qualitativa, mediante dendrificação do centro ou centros remotos, restabelecendo níveis de distância média inferiores à do ponto crítico. Essa mudança estimula a expansão da base residencial, conduzindo o sistema a novo ponto crítico, etc. A representação dessa dinâmica sócio espacial é feita mediante um sistema que considera uma força de dispersão (expansão urbana) e outra de coesão (relação serviço-residência), bem como várias medidas de estado (distância média do sistema, convergência do subsistema de serviços, campo). O trabalho expõe as bases teóricas e metodológicas do modelo, realiza algumas simulações exploratórias iniciais, testa-as por meio de algumas verificações empíricas e sinaliza os parâmetros para a continuidade do trabalho de pesquisa. Espera contribuir para a sedimentação da urbanimetria na área dos estudos urbanos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Detalhes do artigo

Como Citar
KRAFTA, R.; BEVILACQUA, D. CARACTERÍSTICAS E MEDIDAS DO URBANO: RELAÇÕES ESPACIAIS CRÍTICAS ENTRE SERVIÇOS URBANOS E USUÁRIOS. Revista Brasileira de Cartografia, [S. l.], v. 68, n. 4, 2016. DOI: 10.14393/rbcv68n4-44286. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/revistabrasileiracartografia/article/view/44286. Acesso em: 30 nov. 2022.
Seção
Artigos
Biografia do Autor

Romulo Krafta, Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Este trabalho reporta pesquisa em uma das dimensões básicas da estrutura espacial urbana

Décio Bevilacqua, Universidade Federal de Santa Maria - UFSM

Centro de Tecnologia, Departamento de Arquitetura e Urbanismo