Escola da Terra Capixaba

experiências formativas docentes

Autores

DOI:

https://doi.org/10.14393/REP-2023-68605

Palavras-chave:

Formação de Professores, Educação do Campo, Políticas Públicas

Resumo

Este texto traz experiências formativas de professoras do campo do sul do estado do Espírito Santo que participaram do curso de Especialização em Educação do Campo – Escola da Terra Capixaba.  As ações dessa formação continuada estiveram ligadas à atuação do grupo de pesquisa CNPq Culturas, Parcerias e Educação do Campo, da Universidade Federal do Espírito Santo, e foram referenciadas nos pressupostos da educação do campo, com foco na epistemologia da práxis como base para a construção de conhecimentos e de uma formação crítica e emancipadora. A metodologia do estudo se ancora nos pressupostos da pesquisa narrativa (auto)biográfica, tendo como colaboradoras as professoras que atuam nos anos iniciais do ensino fundamental. Os resultados revelam que o processo formativo possibilitou que as professoras repensassem a própria prática, tornando-as mais sensíveis à realidade dos estudantes campesinos e contribuindo para amenizar a lacuna dos estudos sobre educação do campo existente entre a formação inicial e a continuada.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Josiléia Curty de Oliveira, Universidade Federal do Espírito Santo

Doutoranda em Educação na Universidade Federal do Espírito Santo, Brasil; Secretária Executiva na mesma instituição, Campus Alegre, Brasil.

Rainei Rodrigues Jadejiski, Universidade Federal do Espírito Santo

Doutorando em Educação na Universidade Federal do Espírito Santo, Brasil; coordenador pedagógico na rede estadual de educação do Espírito Santo, Brasil.

Ozana Luzia Galvão Baldotto, Universidade Federal do Espírito Santo

Doutoranda em Educação na Universidade Federal do Espírito Santo, Brasil.

Erineu Foerste, Universidade Federal do Espírito Santo

Doutor em Educação pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, Brasil, estágio pós-doutoral pela Erziehungswissenschaftliche Fakultät da Universtät-Siegen, Alemanha; professor da Universidade Federal do Espírito Santo, Brasil.

Referências

ABREU, P. C. M. C. Memorial Poético Docente. 2022. Trabalho de Conclusão de Curso (Especialização em Educação do Campo Escola da Terra Capixaba) – Universidade Federal do Espírito Santo, Vitória, 2022.

ARROYO, M. G. A experiência das lutas e as conquistas no âmbito das Políticas Públicas para a Educação do Campo. Revista Com Censo, Brasília, DF, v. 5, n. 4, p. 142-144, 2018. Disponível em: https://periodicos.se.df.gov.br/index.php/comcenso/article/view/580/363. Acesso em: 4 mar. 2023.

ARROYO, M. G. Currículo, território em disputa. 5. ed. Petrópolis: Vozes, 2013.

ARROYO, M. G. Ofício de mestre: imagens e autoimagens. Petrópolis: Vozes, 2008.

BALDOTTO, O. L. G. Educação do campo em movimento: dos planos à ação pedagógica em escolas multisseriadas e anos iniciais de São Mateus e Jaguaré (ES). 2016. 167 f. Dissertação (Mestrado em Ensino na Educação Básica) – Centro Universitário Norte do Espírito Santo, Universidade Federal do Espírito Santo, São Mateus, 2016. Disponível em: https://repositorio.ufes.br/handle/10/8413. Acesso em: 4 mar. 2023.

BESTETI, G. G. Memorial Poético Docente. 2022. Trabalho de Conclusão de Curso (Especialização em Educação do Campo Escola da Terra Capixaba) – Universidade Federal do Espírito Santo, Vitória, 2022.

BICALHO, R.; JADEJISKI, R. R. As repercussões da educação ambiental numa escola do campo capixaba. Ambiente & Educação, Rio Grande, v. 25, n. 2, p. 127–150, 2020. DOI 10.14295/ambeduc.v25i2.11278. Disponível em: https://periodicos.furg.br/ambeduc/article/view/11278. Acesso em: 4 mar. 2023.

BICALHO, R.; JADEJISKI, R. R. O Centro Estadual Integrado de Educação Rural de Águia Branca/ES: interfaces entre Educação do Campo e Educação Ambiental. Revista Brasileira de Educação do Campo, Tocantinópolis, v. 5, 2020. DOI 10.20873/uft.rbec.e7837. Disponível em: https://betas.uft.edu.br/periodicos/index.php/campo/article/view/7837. Acesso em: 4 mar. 2023.

BICALHO, R.; SILVA, M. A. A educação do campo no Estado do Espírito Santo: os movimentos sociais e a materialização das lutas. Educação Por Escrito, Porto Alegre, v. 10, n. 1, 2019. DOI 10.15448/2179-8435.2019.1.30380. Disponível em: https://revistaseletronicas.pucrs.br/index.php/porescrito/article/view/30380. Acesso em: 4 mar. 2023.

BOSI, E. Entrevista: Ecléa Bosi. In: BRUCK, M. S. Memória: enraizar-se é um direito fundamental do ser humano. Dispositiva, Belo Horizonte, v. 1, n. 2, p. 196-199, 2012. Disponível em: http://periodicos.pucminas.br/index.php/dispositiva/article/view/4301. Acesso em: 4 mar. 2023.

BRAGANÇA, I. F. S. Histórias de vida e formação de professores: diálogos entre Brasil e Portugal. Rio de Janeiro: EDUERJ, 2012.

BRAGANÇA, I. F. S. Pesquisa-formação e histórias de vida de professoras brasileiras e portuguesas: reflexões sobre tessituras teórico-metodológicas. @mbienteeducação, São Paulo, v. 2, n. 2, p. 37-48, 2018. DOI 10.26843/v2.n2.2009.552.p37%20-%2048. Disponível em: https://publicacoes.unicid.edu.br/index.php/ambienteeducacao/article/view/552. Acesso em: 4 mar. 2023.

BRANDÃO, C. R. O que é educação? São Paulo: Brasiliense, 2015.

BRANDÃO, C. R. Prefácio. In: FOERSTE, E. (org.). Educação do campo: culturas e parcerias. Curitiba: Appris, 2020.

BRASIL. Decreto nº 7. 352, de 4 de novembro de 2010. Dispõe sobre a política de educação do campo e o Programa Nacional de Educação na Reforma Agrária - PRONERA. Diário Oficial da União, Brasília, DF, 2010. Disponível em: https://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2007-2010/2010/decreto/d7352.htm. Acesso em: 4 mar. 2023.

BRASIL. Resolução CNE/CEB nº 1/2002, de 3 de abril de 2002. Institui Diretrizes Operacionais para a Educação Básica nas Escolas do Campo. Diário Oficial da União, Brasília, DF, 2002. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/index.php?option=com_docman&view=download&alias=13800-rceb001-02-pdf&category_slug=agosto-2013-pdf&Itemid=30192. Acesso em: 4 mar. 2023.

CALDART, R. S. Elementos para a construção do projeto político e pedagógico da Educação do Campo. In: MOLINA, M. C.; JESUS, S. M. S. (org.). Contribuições para a construção de um projeto de Educação do Campo. Brasília, DF: Articulação Nacional Por Uma Educação do Campo, 2004. p. 13-49. (Coleção Por Uma Educação do Campo v. 5).

CALDART, R. S. Por uma Educação do Campo: traços de uma identidade em construção. In: KOLLING, E. J.; CERIOLI, P. R.; CALDART, R. S. (org.). Educação do Campo: identidade e políticas públicas. Brasília, DF: Articulação Nacional Por Uma Educação do Campo, 2002. p. 18-25. (Coleção Por Uma Educação do Campo v. 4).

CASTRO, A. H. R. H. Memorial Poético Docente. 2022. Trabalho de Conclusão de Curso (Especialização em Educação do Campo Escola da Terra Capixaba) – Universidade Federal do Espírito Santo, Vitória, 2022.

DALVI, J. M. Memorial Poético Docente. 2022. Trabalho de Conclusão de Curso (Especialização em Educação do Campo Escola da Terra Capixaba) – Universidade Federal do Espírito Santo, Vitória, 2022.

ESPÍRITO SANTO. Resolução CEE-ES nº 6.596/2022, de 8 de dezembro de 2022. Aprova as Diretrizes Operacionais da Educação do Campo do Estado do Espírito Santo e dá outras providências. Diário Oficial do Espírito Santo, Vitória, 2022. Disponível em: https://ioes.dio.es.gov.br/portal/visualizacoes/pdf/7638/#/p:39/e:7638. Acesso em: 4 mar. 2023.

FOERSTE, E.; SCHUTZ-FOERSTE, G. M. Educação do campo, culturas e parcerias na Universidade Federal do Espírito Santo: uma avaliação. In: FOERSTE, E. (org.). Culturas, parcerias e educação do campo. Curitiba: Appris, 2020. p. 35-55.

FREIRE, P. Educação e mudança. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1981.

FREIRE, P. Pedagogia da autonomia: saberes necessários à prática educativa. São Paulo: Paz e Terra, 1996.

FREIRE, P. Pedagogia do oprimido. Rio de Janeiro/São Paulo: Paz e Terra, 2019.

GERKE, J.; FOERSTE, E.; SOUZA, A. R. Narrativas biográficas na formação docente do campo: memórias e experiências do curso Escola da Terra Capixaba. Revista Brasileira de Educação, Rio de Janeiro, v. 27, 2022. DOI 10.1590/S1413-24782022270070. Disponível em: https://www.scielo.br/j/rbedu/a/8PML8LjTqH4B7Tt9ZSwGCMJ/?lang=pt. Acesso em: 4 mar. 2023.

GRANZIELI, S. G. L. G. Memorial Poético Docente. 2022. Trabalho de Conclusão de Curso (Especialização em Educação do Campo Escola da Terra Capixaba) – Universidade Federal do Espírito Santo, Vitória, 2022.

MÜLLER, E. R. Classe multisseriada em Domingos Martins/ES: um estudo de caso sobre cultura escolar e cultura da escola. 2019. 234 f. Dissertação (Mestrado em Educação) – Programa de Pós-Graduação em Educação, Universidade Federal do Espírito Santo, Vitória, 2019. Disponível em: https://repositorio.ufes.br/handle/10/11075. Acesso em: 4 mar. 2023.

NOSELLA, P. Origens da pedagogia da alternância no Brasil. Vitória: EDUFES, 2012.

NÓVOA, A. Os professores e as histórias da sua vida. In: NÓVOA, A. (org.). Vidas de professores. Porto: Porto Editora, 1992.

PIMENTA, E. J. S. Memorial Poético Docente. 2022. Trabalho de Conclusão de Curso (Especialização em Educação do Campo Escola da Terra Capixaba) – Universidade Federal do Espírito Santo, Vitória, 2022.

ROSSI, R.; VARGAS, I. A. Ideologia e educação: para a crítica do programa agrinho. NERA, Presidente Prudente, n. 40, p. 206-224, 2017. DOI 10.47946/rnera.v0i40.4919. Disponível em: https://revista.fct.unesp.br/index.php/nera/article/view/4919. Acesso em: 4 mar. 2023.

SCHUTZ-FOERSTE, G. M.; FOERSTE, E.; MERLER, A. Brasil no século XXI: desafios sócio-políticos na formação de docentes. Visioni LatinoAmericane, Trieste, v. 12, n. 22, 2020. DOI 10.13137/2035-6633/29461. Disponível em: https://www.openstarts.units.it/bitstream/10077/29488/8/Visioni_Latinoamericane_n.22_gennaio_2020.pdf. Acesso em: 4 mar. 2023.

SIQUEIRA, A. S. Memorial Poético Docente. 2022. Trabalho de Conclusão de Curso (Especialização em Educação do Campo Escola da Terra Capixaba) – Universidade Federal do Espírito Santo, Vitória, 2022.

SOUZA, A. R. Escola da Terra Capixaba na Bacia do Rio Doce. 2019. 191 f. Dissertação (Mestrado em Educação) – Programa de Pós-Graduação em Educação, Universidade Federal do Espírito Santo, Vitória, 2019. Disponível em: https://repositorio.ufes.br/handle/10/11136. Acesso em: 4 mar. 2023.

TARDIF, M. Saberes docentes e formação profissional. Petrópolis: Vozes, 2005.

UFES. Cultura(s), interculturalidade e interdisciplinaridade na educação do campo: curso de extensão Escola da Terra Capixaba. Vitória: Universidade Federal do Espírito Santo, 2021. Disponível em: https://educacaodocampo.ufes.br/sites/educacaodocampo.ufes.br/files/field/anexo/cadernoetc_modulo2.pdf. Acesso em: 4 mar. 2023.

UFES. Resolução CEPE/UFES nº 14/2021, de 7 de maio de 2021. Regulamenta o Núcleo de Estudos e Pesquisas em Educação do Campo, da Cidade e Educação Social - Nepeces. Disponível em: https://daocs.ufes.br/sites/daocs.ufes.br/files/field/anexo/resolucao_no_14.2021_-_criacao_nucleo_nepeces.pdf. Acesso em: 4 mar. 2023.

Downloads

Publicado

28-04-2023

Como Citar

OLIVEIRA, J. C. de; JADEJISKI, R. R.; BALDOTTO, O. L. G.; FOERSTE, E. Escola da Terra Capixaba: experiências formativas docentes. Revista de Educação Popular, Uberlândia, v. 22, n. 1, p. 17–41, 2023. DOI: 10.14393/REP-2023-68605. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/reveducpop/article/view/68605. Acesso em: 16 jun. 2024.