Estudos da Interpretação: tendências atuais da pesquisa brasileira

Autores

  • Patrizia Cavallo Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS)
  • Patrícia Chittoni Ramos Reuillard Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS)

DOI:

https://doi.org/10.14393/LL63-v32n1a2016-18

Palavras-chave:

Estudos da Interpretação, Tendências Atuais, Pesquisa Brasileira

Resumo

Este artigo visa a investigar as tendências atuais da pesquisa brasileira na área dos Estudos da Interpretação, observando as teses e dissertações defendidas sobre o assunto no Brasil e os artigos publicados nos principais periódicos brasileiros de tradução e interpretação, entre 2006 e 2015. Apesar de ser uma área de estudos ainda escassamente presente nas universidades brasileiras, o interesse por parte de pesquisadores e profissionais encontra-se em franca ascensão, como será possível observar através das publicações e dos trabalhos realizados neste âmbito de estudos. O presente trabalho apresenta inicialmente a área dos Estudos da Interpretação, para depois focar nas modalidades e tipologias da interpretação e, a seguir, observar as tendências de pesquisa em Interpretação. O intuito é contribuir para as investigações conduzidas neste campo de estudos, mostrando os caminhos já trilhados e a importância de ulterior desenvolvimento dessa área acadêmico-profissional.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2016-08-21

Como Citar

CAVALLO, P.; REUILLARD, P. C. R. Estudos da Interpretação: tendências atuais da pesquisa brasileira. Letras & Letras, [S. l.], v. 32, n. 1, p. 353–368, 2016. DOI: 10.14393/LL63-v32n1a2016-18. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/letraseletras/article/view/33199. Acesso em: 6 jul. 2022.