Rastreia Saúde: Um Sistema de Rastreamento Espaço-temporal de Doenças através de Dados Abertos Não Estruturados e SIG

Conteúdo do artigo principal

Luiz Henrique Anjos Cardim
https://orcid.org/0000-0002-2255-3680
Nádia Puchalski Kozievitch
https://orcid.org/0000-0003-2286-9623

Resumo

O rastreamento automatizado de doenças tem se tornado uma ferramenta cada vez mais importante nos dias atuais. Esse artigo descreve o protótipo de um sistema de rastreamento de doenças para o território brasileiro, testado preliminarmente em nível estadual, no estado do Paraná e em nível municipal, na cidade de Curitiba. O objetivo do estudo é extrair e apresentar informações relevantes através de dados não estruturados, obtidos de portais de notícias. O sistema gera dados que permitem a análise em diferentes níveis de granularidade, desde municípios pequenos até a escala nacional. Os resultados do estudo demonstram a viabilidade do sistema e permitiram aos autores identificarem alguns padrões nos dados processados.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Detalhes do artigo

Como Citar
CARDIM, L. H. A.; KOZIEVITCH, N. P. Rastreia Saúde: Um Sistema de Rastreamento Espaço-temporal de Doenças através de Dados Abertos Não Estruturados e SIG. Revista Brasileira de Cartografia, [S. l.], v. 73, n. 4, p. 999–1016, 2021. DOI: 10.14393/rbcv73n4-59881. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/revistabrasileiracartografia/article/view/59881. Acesso em: 28 jan. 2022.
Seção
Seção Especial "Brazilian Symposium on GeoInformatics"