INDICATIVOS DA POSSIBILIDADE DA DIVISÃO DO ESPECTRO GEOPOTENCIAL COM BASE NO DESENVOLVIMENTO DA ALTURA GEOIDAL EM UM ÚNICO PONTO A PARTIR DE WAVELETS

Conteúdo do artigo principal

Rogers Ademir Drunn Pereira
Sílvio Rogério Correia de Freitas

Resumo

No cálculo de geoides ou quase-geóides gravimétricos normalmente há uma divisão arbitrária do espectro geopotencial. Tal divisão corresponde a diferentes faixas dependendo da época dos referidos cálculos. Neste trabalho introduz-se uma metodologia para divisão de tal espectro com base no conhecimento das amostras de alturas geoidais de um determinado ponto, desenvolvidas de grau em grau a partir de Modelos Globais do Geopotencial e wavelets. As wavelets demonstraram a existência de vazios geopotenciais ao longo das freqüências de modelos provenientes da plataforma GOCE e do EGM2008 que podem ser utilizadas para definir faixas bem delimitadas do espectro. Discussões adicionais apresentam a necessidade de uma metodologia que permita fazer uma divisão clara do espectro geopotencial independentemente da época e metodologia utilizada.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Detalhes do artigo

Como Citar
PEREIRA, R. A. D.; DE FREITAS, S. R. C. INDICATIVOS DA POSSIBILIDADE DA DIVISÃO DO ESPECTRO GEOPOTENCIAL COM BASE NO DESENVOLVIMENTO DA ALTURA GEOIDAL EM UM ÚNICO PONTO A PARTIR DE WAVELETS. Revista Brasileira de Cartografia, [S. l.], v. 66, n. 3, 2014. DOI: 10.14393/rbcv66n3-44755. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/revistabrasileiracartografia/article/view/44755. Acesso em: 5 dez. 2022.
Seção
Artigos
Biografia do Autor

Rogers Ademir Drunn Pereira, Universidade Federal de Pelotas

Setor de Geomática / Departamento de Engenharia Rural

Sílvio Rogério Correia de Freitas, Universidade Federal do Paraná

Centro Politécnico da Universidade Federal do Paraná / Setor de Geomática

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)