A formação de tradutores em publicações brasileiras

Uma análise bibliométrica

Autores

DOI:

https://doi.org/10.14393/LL63-v39-2023-27

Palavras-chave:

Estudos da Tradução, Formação de Tradutores, Estudos Bibliométricos da Tradução, Metavirada, Análise bibliométrica

Resumo

Este artigo tem por objetivo mapear a subárea “Formação de Tradutores” em contexto brasileiro por meio do levantamento e da análise de dados bibliométricos a partir de publicações brasileiras dedicadas aos Estudos da Tradução. Trata-se de uma pesquisa quali-quantitativa fundamentada no levantamento bibliométrico de dissertações, teses e artigos listados no Catálogo de Teses e Dissertações da CAPES, bem como dos sítios eletrônicos das seis revistas acadêmicas brasileiras dedicadas aos Estudos da Tradução aqui analisadas. Essa análise permitiu verificar a ampliação do interesse em relação aos estudos acerca da formação de tradutores.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Patrícia Rodrigues Costa, Universidade de Brasília

Doutora (PGET/UFSC) e mestre (POSTRAD/UnB) em Estudos da Tradução. Licenciada em Letras - Língua Francesa e suas literaturas e Bacharel em Letras-Tradução/Inglês ambas pela Universidade de Brasília. Licenciada em Letras-Inglês pelo Centro Universitário Estácio de Sá. Professora colaboradora e pesquisadora de pós-doutorado, sem bolsa, no Programa de Pós-Graduação em Estudos da Tradução (POSTRAD) da Universidade de Brasília. Professora substituta no Bacharelado em Letras-Tradução/Francês da Universidade de Brasília. 

Universidade de Brasília, Instituto de Letras, Programa de Pós-Graduação em Estudos da Tradução. Brasília, Distrito Federal, Brasil. 

Germana Henriques Pereira, Universidade de Brasília

Professora Associada 4 do Departamento de Línguas Estrangeiras e Tradução (LET), da Universidade de Brasília (UnB), onde leciona desde 1992 no Bacharelado em Letras/Tradução-Francês. Doutora (2004) e Mestre (1998) em Literatura pela Universidade de Brasília. Graduada em Letras, possui uma Licence en Portugais (1987), e uma Licence en Français Lettres Modernes (1988) pela Université de Rennes 2, França, onde também cursou a Maitrise en Lettres Modernes (1989) .

Referências

ANDRÉS, Ana. Measuring Academic Research: How to Undertake a Bibliometric Study. Oxford: Chandos Publishing, 2009. DOI: https://doi.org/10.1533/9781780630182

ALVES, Daniel A. de S.; VASCONCELLOS, Maria Lucia B. Metodologia de pesquisa em Estudos da Tradução: uma análise bibliométrica de teses e dissertações produzidas no Brasil entre 2006-2010. D.E.L.T.A, São Paulo, v. 32, n. 2, p. 375-404, 2016. DOI: https://doi.org/10.1590/0102-4450827796709063513

BRASIL. Ministério da Educação. Conselho Nacional de Educação. Parecer CNE/CES 1363, de 12 de dezembro de 2001. Retificação do Parecer CNE/CES 492/2001, que trata da aprovação das Diretrizes Curriculares Nacionais dos Cursos de Filosofia, História, Geografia, Serviço Social, Comunicação Social, Ciências Sociais, Letras, Biblioteconomia, Arquivologia e Museologia. Diário Oficial da União, Brasília, 29 jan. 2002.

CAMARGO, Katia A. F. de.; FRANCO AIXELÁ, Javier. Análise bibliométrica da pesquisa em Estudos da Tradução e Interpretação (ETI) em nível de doutorado no Brasil. Caderno de Tradução, Florianópolis, v. 39, n. 2, p. 117-145, 2019. DOI: https://doi.org/10.5007/2175-7968.2019v39n2p116

CHRISTENSEN, Tina P.; FLANAGAN, Marian; SCHJOLDAGER, Anne. Mapping Translation Technology Research in Translation Studies. An Introduction to the Thematic Section. Hermes, v. 56, p. 7-20, 2017. DOI: https://doi.org/10.7146/hjlcb.v0i56.97199

COSTA, Patrícia R. A formação de tradutores em instituições de educação superior públicas brasileiras: uma análise documental. Tese (Doutorado em Estudos da Tradução). Florianópolis: Universidade Federal de Santa Catarina, 2018. Disponível em: https://repositorio.ufsc.br/handle/123456789/188094. Acesso em: 31 dez. 2023.

COSTA, Patrícia R.; GUERINI, Andréia. A formação de tradutores em periódicos acadêmicos brasileiros online sobre Estudos da Tradução (1996 – 2016): mapeamento e descritores. Tradução em Revista, Rio de Janeiro, v. 28, n. 1, p. 32-64, 2020. DOI: https://doi.org/10.17771/PUCRio.TradRev.48160

COSTA, Patrícia R.; GUERINI, Andréia; Pereira, GERMANA H. A formação de tradutoras e tradutores de línguas orais (Português/Inglês) no Brasil: um estudo das diferentes concepções curriculares. Mutatis Mutandis, Antioquia, v. 12, n. 1, p. 51-77, 2019. DOI: https://doi.org/10.17533/udea.mut.v12n1a02

DONG, Dahui; CHEN, Meng-Lin. Publication trends and co-citation mapping of translation studies between 2000 and 2015. Scientometrics, Akadémiai Kiadó, v. 105, n. 2, p. 1111 –1128, 2015. DOI: https://doi.org/10.1007/s11192-015-1769-1

ECHEVERRI, Alvaro. About maps, versions and translation of Translation Studies: a look into the metaturn of Translatology. Perspectives, v. 25, n. 4, p. 1-19, 2017. DOI: https://doi.org/10.1080/0907676X.2017.1290665

ESQUEDA, Marileide D. Estudos bibliométicos e cienciométricos em Tradução: tendências, métodos e aplicações. Curitiba: editora CRV, 2020. DOI: https://doi.org/10.24824/978658608789.5

ESQUEDA, Marileide D.; FREITAS, Flávio de S. Machine translation: Mapping technological developments through scientometrics. Ciência da Informação, Brasília, v. 51, n. 3, p. 113-128, 2022. DOI: https://doi.org/10.18225/ci.inf.v51i3.5542

GAMBIER, Yves. Jalon pour une historiographie de l’aire traductologique francophone. Medzy Oryginalem a przekladem, Cracovie, v. 29, n. 2(60), p. 9-42, 2023. DOI: https://doi.org/10.12797/MOaP.29.2023.60.01

GILE, Daniel. Analyzing Translation studies with scientometric data: from CIRIN to citation analysis. Perspectives, v. 23, n. 2, p. 240-248, 2015. DOI: http://dx.doi.org/10.1080/0907676X.2014.972418

HARRIS, Brian. La traductologie, la traduction naturelle, la traduction automatique et la sémantique. Cahier de Linguistique, Montréal, n. 2, p. 133-146, 1973. DOI: https://doi.org/10.7202/800013ar

HARRIS, Brian. What I really meant by “Translatology”. TTR, Laval, Canadá, v. 1, n. 2, p. 91-96, 1988. DOI: https://doi.org/10.7202/037022ar

HAYASHI, Maria Cristina Piumbato Innocentini. Sociologia da Ciência, Bibliometria e Cientometria: contribuições para a análise da produção científica. In: Seminário de Epistemologia e Teorias da Educação, 4., 2013. Anais... Campinas: Unesp, 2013. p. 1-29. https://www.marilia.unesp.br/Home/Graduacao/PETBiblioteconomia/soc-da-ciencia-pet.pdf

HOLMES, James. S. The Name and the Nature of Translation Studies. In: HOLMES, James S. (ed.). Translated! Papers on Literary Translation and Translation Studies. Países Baixos: Rodopi Bv Editions, 1994. p. 66-80.

MALTA, Gleiton; MAIA, Katia F. C. Os Estudos da Tradução espanhol ⇔ português no Brasil: um mapeamento bibliométrico-quantitativo da produção acadêmica realizada pelas instituições de ensino superior brasileiras em nível de graduação, mestrado e doutorado. ABEHACHE, v. 21, p. 64-89, 2022. Disponível em: https://revistaabehache.com/ojs/ index.php/abehache/article/view/410. Acesso em: 31 dez. 2023.

PAGANO, Adriana; VASCONCELLOS, Maria Lúcia Barbosa de. “Formando” futuros pesquisadores: palavras-chave e afiliações teóricas no campo disciplinar Estudos da Tradução. Cadernos de Tradução, Florianópolis, v.1, n. 17, p. 9-17, 2006. Disponível em: https://periodicos.ufsc.br/index.php/traducao/article/view/6863. Acesso em: 31 dez. 2023.

PAGANO, Adriana; VASCONCELLOS, Maria Lúcia Barbosa de. Estudos da tradução no Brasil: reflexões sobre teses e dissertações elaboradas por pesquisadores brasileiros nas décadas de 1980 e 1990. D.E.L.T.A, São Paulo, v. 19, p. 1-25, 2003. DOI: https://doi.org/10.1590/S0102-44502003000300003

PINHEIRO, Lena Vania R. Marcos históricos e avanços das metrias da informação e comunicação: da bibliometria às altmetrias. In: RODRIGUES, Kátia de O.; BARROS, Susane S. Diálogos sobre bibliometria e cientometria. Salvador: Edufba, 2021. p. 15-36. Disponível em: https://repositorio.ufba.br/handle/ri/33901. Acesso em: 31 dez. 2023.

ROVIRA-ESTEVA, Sara; ORERO, Pilar; FRANCO AIXELÁ, Javier. Bibliometric and bibliographical research in Translation Studies. Perspectives, v. 23, n. 2, p. 159-160, 2015. DOI: https://doi.org/10.1080/0907676X.2015.1026361

ROVIRA-ESTEVA, Sara; FRANCO AIXELÁ, Javier; OLALLA-SOLER, Christian. A bibliometric study of co-authorship in Translation Studies. Onamázein, Santiago, v. 47, p. 158-194, 2020. DOI: https://doi.org/10.7764/onomazein.47.09

SILVA, José Aparecido da; BIANCHI, Maria de Lourdes P. Cientometria: a métria da ciência. Paidéia, v. 11, n. 20, p. 5-10, 2011. DOI: https://doi.org/10.1590/S0103-863X2001000200002

VAN DOORSLAER, Luc. Risking conceptual maps: mapping as keywords-related tool underlying the online Translation Studies Bibliography. Target, v. 19, n. 2, p. 217-233, 2007. DOI: https://doi.org/10.1075/bct.20.03doo

VAN DOORSLAER, Luc; GAMBIER, Yves. Measuring relationships in Translation Studies. On affiliations and keyword frequencies in the Translation Studies Bibliography. Perspectives, v. 23, n. 2, p. 305-319, 2015. DOI: https://doi.org/10.1080/0907676X.2015.1026360

VINKLER, Péter. The evaluation of research by scientometric indicators. Oxford: Chandos Publishing, 2010. DOI: https://doi.org/10.1533/9781780630250

YAN, Jackie X. et al. Mapping interpreting studies: The state of the field based on a database of nine major translation and interpreting journals (2000 – 2010). Perspectives, v. 21, n. 13, p. 446-473, 2013. DOI: https://doi.org/10.1080/0907676X.2012.746379

ZANETTIN, Federico; SALDANHA, Gabriela; HARDING, Sue-Ann. Sketching Landscapes in Translation Studies: A Bibliographic Study. Perspectives, v. 23, n. 2, p. 1-22, 2015. DOI: https://doi.org/10.1080/0907676X.2015.1010551

Downloads

Publicado

2023-12-31

Como Citar

COSTA, P. R.; PEREIRA, G. H. A formação de tradutores em publicações brasileiras: Uma análise bibliométrica. Letras & Letras, Uberlândia, v. 39, n. único, p. e3927 | p. 1–29, 2023. DOI: 10.14393/LL63-v39-2023-27. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/letraseletras/article/view/71380. Acesso em: 15 jul. 2024.