Unidades mato-grossenses do PROFLETRAS: abrangência, resultados e perspectivas

Autores

  • Leandra Ines Seganfredo Santos UNEMAT

DOI:

https://doi.org/10.14393/LL63-v32n2a2016-2

Palavras-chave:

Formação docente, PROFLETRAS, Ensino de Língua Portuguesa.

Resumo

Apresenta-se um estudo qualitativo-interpretativista que mapeia a abrangência territorial e numérica das duas unidades mato-grossenses do Programa de Mestrado Profissional em Letras (PROFLETRAS), sediadas na Universidade do Estado de Mato Grosso, nos três primeiros anos de existência. Descrevem-se os impactos e resultados das ações desencadeadas, no que diz respeito à formação profissional, bem como os efeitos nas unidades de ensino onde os profissionais atuavam a partir de suas práticas de sala de aula e, consequentemente, nos alunos por eles atendidos. Os dados são provenientes dos formulários de matrículas dos discentes, dos Trabalhos de Conclusão Final da Turma 1 e das Propostas de Intervenção da Turma 2 das duas unidades. Também se abordam a formação do profissional de Letras, as novas demandas impostas à "sociedade digital" e apontamentos sobre a pesquisa interventiva. Socializam-se as principais contribuições do Programa no contexto em questão e delineiam-se perspectivas para estudos futuros.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Leandra Ines Seganfredo Santos, UNEMAT

Leandra Ines Seganfredo Santos é graduada em Pedagogia pela Universidade do Estado de Mato Grosso (UNEMAT), mestre em Estudos de Linguagem pela Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), doutora em Estudos Linguísticos (Linguística Aplicada) pela UNESP/IBILCE e pós-doutora em Linguística Aplicada e Estudos da Linguagem (PUC/SP).

Downloads

Publicado

2017-03-15

Como Citar

SEGANFREDO SANTOS, L. I. Unidades mato-grossenses do PROFLETRAS: abrangência, resultados e perspectivas. Letras & Letras, [S. l.], v. 32, n. 2, p. 16–45, 2017. DOI: 10.14393/LL63-v32n2a2016-2. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/letraseletras/article/view/35127. Acesso em: 15 ago. 2022.