Uma passagem marcante em A hora da estrela e em seus textos de chegada para o inglês

Autores

  • Roberta Rego Rodrigues CLC/UFPel

DOI:

https://doi.org/10.14393/DL17-v9n1a2015-18

Palavras-chave:

Estilística Tradutória baseada em corpus, Estrutura Temática, Diálogo

Resumo

Este artigo trata de uma análise estilístico-tradutória baseada em corpus de um diálogo em A hora da estrela (LISPECTOR, 1999) e o diálogo correspondente em seus textos de chegada para o inglês de Giovanni Pontiero (LISPECTOR, 1992) e de Benjamin Moser (LISPECTOR, 2011). Tem por objetivo conjeturar mediante a investigação da estrutura temática (HALLIDAY e MATTHIESSEN, 2014) traços estilísticos e prototípicos desse tipo de texto. Os Temas foram identificados e classificados manualmente com anotação de corpus (HUNSTON, 2002). Pode-se concluir que o diálogo apresenta recorrentemente Temas Não Marcados; Temas Múltiplos, dos quais fazem parte os Temas Interpessoais; e Temas Ideacionais Participantes Elípticos e Temas Ideacionais Elípticos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Roberta Rego Rodrigues, CLC/UFPel

Professora de Tradução do Centro de Letras e Comunicação da Universidade Federal de Pelotas. Licenciada em Língua Inglesa pela Faculdade de Letras da Universidade Federal de Minas Gerais (2003). Mestre (2005) e Doutora (2010) em Linguística Aplicada (Estudos da Tradução) pela mesma Universidade.

Downloads

Publicado

15.07.2015

Como Citar

RODRIGUES, R. R. Uma passagem marcante em A hora da estrela e em seus textos de chegada para o inglês. Domínios de Lingu@gem, Uberlândia, v. 9, n. 1, p. 162–176, 2015. DOI: 10.14393/DL17-v9n1a2015-18. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/dominiosdelinguagem/article/view/28311. Acesso em: 3 dez. 2022.