Processo de Revisão por Pares

Domínios de Lingu@gem define na sua política editorial os seguintes critérios para o processo de avaliação: adequação ao foco e escopo da revista e as normas técnicas (ABNT), gramaticais e formais da revista, relevância, conteúdo, coerência textual, consistência teórico-metodológica.

O processo de avaliação consiste em cinco etapas prévias, a saber:

  1. Análise preliminar dos editores e assistente editorial para verificar a adequação às instruções gerais definidas pela política editorial;
  2. Análise de antiplágio em todos os documentos submetidos através do software Plagius;
  3. Análise preliminar dos editores quanto ao foco e escopo da revista, bem como à relevância e contribuição do texto;
  4. Análise preliminar dos editores quanto à titulação mínima dos autores, exigida pela revista;
  5. Análise preliminar dos editores quanto ao tamanho máximo dos artigos submetidos (até 10 mil palavras).

A partir da aprovação prévia pelos editores, o artigo será enviado aos pareceristas no sistema double blind peer-review. Tanto os avaliadores quanto os autores não têm acesso aos nomes uns dos outros. Todos os artigos da revista passam por apreciação de dois avaliadores. Caso haja empate, um terceiro avaliador analisa o trabalho. Os avaliadores têm um prazo de 30 dias para concluir seus pareceres. A escolha dos avaliadores, para cada artigo, leva em consideração a experiência desses profissionais em seus respectivos campos de atuação.

Para que todo o processo double blind peer-review ocorra de forma adequada, os autores devem submeter seus textos, em formato .doc, .docx ou .rtf, sem nenhuma identificação de autoria ou filiação, inclusive nos metadados do arquivo (propriedades do documento). No texto, nas figuras (assim como quadros e tabelas) e nas referências bibliográficas, solicitamos que todas as informações referentes ao nome e filiação do(s) autor(es) sejam retiradas (utilize apenas a palavra AUTOR). Não informar fontes de financiamento e não incluir possíveis agradecimentos