Tipos de argumentos utilizados nos anúncios publicitários das Havaianas

Autores

  • Henrique Campos Freitas Programa de Pós-Graduação em Estudos Linguísticos (PPGEL) da Universidade Federal de Uberlândia (UFU)
  • Mayra Natanne Alves Marra Programa de Pós-Graduação em Estudos Linguísticos (PPGEL) da Universidade Federal de Uberlândia (UFU)

DOI:

https://doi.org/10.14393/DL21-v10n1a2016-16

Palavras-chave:

Semântica argumentativa, Anúncios publicitários, Argumentação

Resumo

Neste artigo, com base na Semântica Argumentativa, analisamos os recursos semântico-argumentativos presentes em 21 anúncios publicitários da marca Havaianas. Buscamos identificar quais os tipos de argumentos mais utilizados nesses anúncios baseado nos estudos teóricos de Perelman & Tyteca (1996, 2002), Fiorin (2015), Reboul (2004) e Abreu (2002) e, também, evidenciar como os tipos de argumento são utilizados no gênero "anúncio publicitário". As análises realizadas permitiram verificar como a linguagem é usada para persuadir o consumidor, principalmente por meio do uso de técnicas argumentativas específicas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ABREU, A. S. A arte de argumentar - Gerenciando razão e emoção. 6. ed. Cotia, SP: Ateliê Editorial, 2002.

ALMEIDA, L. de. Análise semântica de operadores argumentativos em textos publicitários. 2001. 187 f. Dissertação (Mestrado em Estudos Linguísticos). Programa de Pós-Graduação em Estudos Linguísticos, Instituto de Letras e Linguística, Universidade Federal de Uberlândia, 2001.

AQUINO, Z. G. O. de. Conversação e conflito: um estudo das estratégias discursivas em interações polêmicas. São Paulo: USP/FFLCH, 1997.

ARRUDA-FERNANDES, V. M. B. Pressuposição, argumentação e ideologia: análise de textos publicitários. 1997, 224 f. Tese (Doutorado em Linguística). Instituto de Estudos da Linguagem, UNICAMP, 1997.

CAMPANHA DE 2013. Disponível em: http://www.clubedecriacao.com.br/ultimas/campanha-impressa-265/ Acesso em: 20/07/15.

CARVALHO, N. Publicidade: A linguagem da sedução. 3 ed. São Paulo, SP. Editora Ática. 2007.

DUCROT, O. Argumentação e topoi argumentativo. IN: GUIMARÃES, E. (Ed.) História e sentido na linguagem. Campinas: Pontes, 1989.

______. A pragmática e o sentido semântico da língua. IN: CREUS, S. Q. de. Letras de hoje: estudos e debates de assuntos de linguística, literatura e língua portuguesa. Porto Alegre: EDIPUCRS, v. 40, n. 01, p.9-21, março, 2005.

EMPRESA ALPARGATAS. Disponível em: <http://ri.alpargatas.com.br/alpargatas/historico/index.asp> Acesso em: 20/07/2015

FIORIN, J. L. Argumentação. São Paulo: Contexto, 2015.

HISTÓRIA HAVAIANAS. Disponível em: <http://havaianas.com.br/pt-br/historia> Acesso em: 20/07/2015.

MARCUSCHI, L. A.; XAVIER, A. C. Hipertexto e gêneros digitais: novas formas de construção de sentido. 3. ed. São Paulo: Cortez, 2010.

MOSCA, L. do L. S. (Org.) Retóricas de ontem e de hoje. São Paulo: Humanitas, 1999.

PEREIRA, M. I. Imperativos práticos da criação. Ida e volta. IP propaganda, Uberaba, MG, 1995.

PERELMAN, C.; TYTECA, L. O. Tratado da Argumentação: A Nova Retórica. São Paulo: Editora Martins Fontes, 1996.

______. Tratado da argumentação: a nova retórica. Trad. Maria Ermantina Galvão. São Paulo: Martins Fontes, 2002.

REBOUL, O. Introdução à retórica. 2ed. Trad. Ivone C. Benedetti. São Paulo: Martins Fontes, 2004.

SAVIETTO, I. Um estudo sobre a linguagem publicitária e suas técnicas argumentativas (Trabalho de conclusão de curso). Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho”. 2012.

Downloads

Publicado

30.03.2016

Como Citar

FREITAS, H. C.; MARRA, M. N. A. Tipos de argumentos utilizados nos anúncios publicitários das Havaianas. Domínios de Lingu@gem, Uberlândia, v. 10, n. 1, p. 304–329, 2016. DOI: 10.14393/DL21-v10n1a2016-16. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/dominiosdelinguagem/article/view/32174. Acesso em: 8 dez. 2022.