Avaliação da Superfície Equipotencial de Referência Local (W_0SP) no Estado de São Paulo

Conteúdo do artigo principal

Fabio Luiz Albarici
http://orcid.org/0000-0003-4436-0561
Gabriel do Nascimento Guimarães
https://orcid.org/0000-0003-4380-4650
Jorge Luiz Alves Trabanco
https://orcid.org/0000-0002-2558-2858
Marcelo Santos
https://orcid.org/0000-0001-6354-4601

Resumo

A compreensão, o estudo e a atualização da superfície equipotencial de referência local  tem importância fundamental no sistema de altitude de um país. Esta superfície pode ser integrada ao sistema global, conforme resolução da IAG onde consta que a realização do sistema de referência deve referir-se a um nível de referência global () unificado. Neste artigo, propõe-se o cálculo desta superfície através da abordagem oceanográfica, utilizando-se de observações gravimétricas, medidas maregráficas do nível do mar e dados advindos do GNSS/nivelamento. Na determinação do  a SST (Topografia da Superfície do Mar) também foi calculada. Os testes numéricos, utilizando-se do valor do  para o estado de São Paulo, indicam que a discrepância do número geopotencial e altitude normal, quando analisados em relação aos valores disponibilizados pelo IBGE, tem desvio padrão de  e . Assim, pode-se dizer que os resultados são confiáveis e consistentes, mantendo-se próximo do SGB.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Detalhes do artigo

Como Citar
ALBARICI, F. L.; GUIMARÃES, G. do N.; TRABANCO , J. L. A.; SANTOS , M. . Avaliação da Superfície Equipotencial de Referência Local (W_0SP) no Estado de São Paulo. Revista Brasileira de Cartografia, [S. l.], v. 73, n. 2, p. 542–555, 2021. DOI: 10.14393/rbcv73n2-53395. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/revistabrasileiracartografia/article/view/53395. Acesso em: 16 abr. 2024.
Seção
Artigos Originais

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)