A EVOLUÇÃO DO ENTENDIMENTO DA GEOLOGIA DO QUADRILÁTERO FERRÍFERO

Conteúdo do artigo principal

Maria Márcia Magela Machado
Úrsula Ruchkys de Azevedo
Friedrich Ewald Renger

Resumo

O Quadrilátero Ferrífero é uma das maiores províncias minerais do planeta ocupando uma área de, aproximadamente,
6.500 km2 na porção centro-sudeste do estado de Minas Gerais. Uma vez que a cartografi a é uma forma efi ciente de
comunicação dos conceitos geológicos, este trabalho busca delinear exatamente a partir de representações gráfi cas
do século XIX a evolução do conhecimento geológico desta região. O inglês John Mawe foi o primeiro estrangeiro a
obter permissão e visitou, em 1810, minerações de ouro e diamantes. O mapa apresentado em seu trabalho se restringe
à localização destes distritos e precede, portanto, as representações do entendimento da geologia. O alemão Wilhelm
Ludwig von Eschwege delineou o sistema orográfi co da região, propôs uma ordenação estratigráfi ca para seus terrenos
e porduziu as primeiras representações gráfi cas da geologia do sudeste brasileiro. Nos trabalhos de sua autoria publicados entre 1818 e 1832 observa-se claramente nas representações a evolução de seu entendimento sobre geologia da
região. O fi nal da primeira metade do século XIX é caracterizada ainda pelas publicações de observações geológicas
dos naturalistas estrangeiros Peter Claussen e Aimé Pissis, e do geólogo e engenheiro de minas Virgil von Helmreichen.
Além do detalhamento das formações, estes estrangeiros produziram os primeiros croquis e mapas geológicos regionais do Quadrilátero Ferrífero e as primeiras representações de estruturas dobradas. Conclui-se que as representações
gráfi cas analisadas revelam mais do que feições geológicas, elas são produto de uma circunstância histórica, portanto
são imagens tanto do estado da arte da geologia como da própria cartografi a geológica.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Detalhes do artigo

Como Citar
MACHADO, M. M. M.; DE AZEVEDO, Úrsula R.; RENGER, F. E. A EVOLUÇÃO DO ENTENDIMENTO DA GEOLOGIA DO QUADRILÁTERO FERRÍFERO. Revista Brasileira de Cartografia, [S. l.], v. 67, n. 4, p. 747–758, 2015. DOI: 10.14393/rbcv67n4-49118. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/revistabrasileiracartografia/article/view/49118. Acesso em: 23 jul. 2024.
Seção
Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)