DIGITAL CARTOGRAPHY AND HISTORICAL MAPS: TECHNIQUES, APPLICATIONS AND PECULIARITIES

Conteúdo do artigo principal

Jorge Pimentel Cintra

Resumo

Através de exemplos concretos, apresentam-se alguns auxílios que a Cartografia digital presta à Cartografia histórica. Destacam-se as diferenças de tratamento entre os mapas históricos e os atuais, através de alguns casos típicos, com suas dificuldades e possíveis soluções. Tarefas típicas são: determinação da escala, tipo de projeção cartográfica, coordenadas utilizadas, meridiano de origem, avaliar erros e precisões. As maiores dificuldades são a identificação da projeção na qual o mapa foi produzido, a análise e correta interpretação dos indicadores estatísticos. São apresentadas também algumas aplicações como a localização exata de monumentos, edifícios, ruas e caminhos antigos, muitas vezes não mais existentes ou modificados. Finalmente, são feitas sugestões de como apresentar graficamente os resultados. Nessas tarefas, provoca-se um diálogo entre o elemento histórico e as revelações da análise cartográfica; o quantitativo ilustra o qualitativo, numa utilização da técnica em benefício da história.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Detalhes do artigo

Como Citar
CINTRA, J. P. DIGITAL CARTOGRAPHY AND HISTORICAL MAPS: TECHNIQUES, APPLICATIONS AND PECULIARITIES. Revista Brasileira de Cartografia, [S. l.], v. 64, n. 4, 2012. DOI: 10.14393/rbcv64n4-43830. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/revistabrasileiracartografia/article/view/43830. Acesso em: 1 dez. 2022.
Seção
Artigos
Biografia do Autor

Jorge Pimentel Cintra, Universidade de São Paulo - USP

Possui graduação (1974), mestrado (1981) e doutorado (1985) em Engenharia Civil e Urbanismo pela Universidade de São Paulo. Atualmente é professor Associado (Área de Informações Espaciais/Cartografia) em tempo integral da Escola Politécnica da USP. Atua nas seguintes áreas: História da cartografia no Brasil, Cartografia digital, Modelagem digital de terrenos, Qualidade em cartografia. Editor associado do Boletim de Ciências Geodésicas e da Revista Brasileira de Cartografia. Membro e Diretor do Instituto Histórico e Geográfico de São Paulo. Agraciado com o Prêmio Jabuti (2006), na categoria Ciências exatas, tecnologia e informática. Agraciado com a Medalha do Mérito Cartográfico, da Sociedade Brasileira de Cartografia. Atualmente (2013) coordena o Projeto Universal do CNPq: Cartografia Histórica do rio Amazonas (1500-1750).

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)