O fenômeno do desfocamento do agente

uma discussão sobre a importância dos recursos computacionais para os estudos linguísticos

Autores

Palavras-chave:

Linguística de Corpus, Escrita acadêmica, Ferramentas de investigação de corpora, Desfocamento do agente

Resumo

Embora em expansão, a pesquisa linguística empírica da língua portuguesa ainda está longe de alcançar todo o seu potencial. Acreditamos que isso possa se dever, em parte, pelo desconhecimento de alguns investigadores de recursos já disponíveis gratuitamente. Neste artigo, apresentamos algumas ferramentas da Linguística de Corpus e um corpus de escrita acadêmica em português (CoPEP), e como eles podem ser utilizados para explorar o fenômeno do desfocamento do agente em artigos acadêmicos publicados no Brasil e em Portugal. Para isso, utilizamos recursos já existentes para anotar e disponibilizar de forma gratuita e online o CoPEP, um corpus de extrema utilidade para investigações linguísticas acerca do português acadêmico.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Andressa Rodrigues Gomide, Universidade de Coimbra

Doutora. Universidade de Coimbra.

Taíse Simioni, Universidade Federal do Pampa

Doutora. Universidade Federal do Pampa.

Aden Rodrigues Pereira, Universidade Federal do Pampa

Doutora. Universidade Federal do Pampa.

Referências

BERBER SARDINHA, T. Linguística de Corpus. Barueri/SP: Manole, 2004.

BERBER SARDINHA, T.; PINTO, M. V. Multi-dimensional analysis, 25 years on a tribute to Douglas Biber. Amsterdam/São Paulo: John Benjamins Publishing Company/Universidade Católica de São Paulo, 2014. (Studies in Corpus Linguistics, ISSN 1388-0373; v. 60). DOI https://doi.org/10.1075/scl.60

BIBER, D.; CONRAD, S.; REPPEN, R. Corpus linguistics: investigating language structure and use. Cambridge: Cambridge University Press, 1998. DOI https://doi.org/10.1017/CBO9780511804489

CAMACHO, R. G. Construções de voz. In: ABAURRE, M. B. M.; RODRIGUES, A. C. S. (org.). Gramática do português falado. Novos estudos descritivos. Campinas: UNICAMP, 2002. p. 227-316.

DUNNING, T. E. Accurate methods for the statistics of surprise and coincidence. Computational linguistics, v. 19, n. 1, p. 61-74, 1993.

HARDIE, A. CQPweb — combining power, flexibility and usability in a corpus analysis tool. International Journal Of Corpus Linguistics, [S.L.], v. 17, n. 3, p. 380-409, 31 dez. 2012. DOI https://doi.org/10.1075/ijcl.17.3.04har

KILGARRIFF, A.; BAISA, V.; BUŁTA, J.; JAKUBÍčEK, M.; KOVÁř, V.; MICHELFEIT, J.; RYCHLÝ, P.; SUCHOMEL, V. The Sketch Engine: ten years on. Lexicography, [S.L.], v. 1, n. 1, p. 7-36, jul. 2014. DOI https://doi.org/10.1007/s40607-014-0009-9

KUHN, T. Z.; FERREIRA, J. P. O Corpus de Português Escrito em Periódicos - CoPEP. Delta: Documentação de Estudos em Lingüística Teórica e Aplicada, [S.L.], v. 36, n. 2, p. 1-42, fev. 2020. DOI https://doi.org/10.1590/1678-460x2020360209

LEECH, G. Corpora and theories of linguistic performance. In: Directions in corpus Linguistics. Proceedings of Nobel Symposium 82. Stockolm, 4-8 Aug 1991. Dan Svartvik (editor). Morvton de Guryter: Berlin, 1992. p.105-122.

LEECH, G. Review of Biber, Conrad, and Reppen. Corpus linguistics: Investigating language structure and use. International Journal of Corpus Linguistics, Amsterdã, John Benjamins, 4(1), p. 185-88, jun/1999. DOI https://doi.org/10.1075/ijcl.4.1.11lee

MANGIAFICO, S.S. Summary and Analysis of Extension Program Evaluation in R, version 1.18.8, 2016. Disponível em: https://rcompanion.org/handbook. Acesso em: 1 out. 2021.

MORAIS, F. B. C. de. Entre alhos e bugalhos - os usos do clítico se na escrita acadêmica. 2013. 183 f. Tese (Doutorado em Linguística Aplicada e Estudos da Linguagem) – Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2013.

MORAIS, F. B. C. de. Variação de usos do clítico se na comunidade acadêmica: um estudo descritivo com base na linguística sistêmico-funcional. Cadernos de Linguagem e Sociedade, v. 17, n. 1, p. 70-100, 2016. Disponível em: https://periodicos.unb.br/index.php/les/article/view/4429. Acesso em: 22 jul. 2021. DOI https://doi.org/10.26512/les.v17i1.4429

R CORE TEAM. R: A language and environment for statistical computing. R Foundation for Statistical Computing, Vienna, Austria, 2018. Disponível em: https://www.R-project.org. Acesso em: 1 out. 2021.

ROCHA, M. A. E. Introduction to the issue on corpus linguistics. Ilha do Desterro, n. 52, Florianópolis, p. 9-33, jan./jun. 2007.

SCHMID, H. Probabilistic Part-of-Speech Tagging Using Decision Trees. Proceedings of International Conference on New Methods in Language Processing. Manchester, UK.: [s.n.]. 1994.

SHIBATANI, M. Passives and related constructions: a prototype analysis. Language, v. 61, n. 4, p. 821-848, 1985. Disponível em: https://www.researchgate.net/publication/244437975_Passives_and_Related_Constructions_A_Prototype_Analysis. Acesso em: 9 mar. 2021. DOI https://doi.org/10.2307/414491

SINCLAIR, J. McH. From theory to practice. In: LEECH, G.; MYERS, G., THOMAS J. Spoken English on computer: transcription, mark-up and application. Londres: Longman, 1995. p 99-112.

Downloads

Publicado

21-02-2022

Como Citar

RODRIGUES GOMIDE, A.; SIMIONI, T.; RODRIGUES PEREIRA, A. O fenômeno do desfocamento do agente: uma discussão sobre a importância dos recursos computacionais para os estudos linguísticos. Domínios de Lingu@gem, [S. l.], 2022. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/dominiosdelinguagem/article/view/63964. Acesso em: 11 ago. 2022.

Edição

Seção

Artigos