Avaliação da Acurácia Posicional Utilizando os Métodos de Feição Linear: Pontos Finais, Pontos Intermediários, Ponto Gerado, Influência do Vértice, Normalização do Buffer Duplo e Fator de Fuzziness

Conteúdo do artigo principal

Juliette Zanetti
https://orcid.org/0000-0001-6816-4587
Afonso de Paula dos Santos
http://orcid.org/0000-0001-7248-4524
Nilcilene das Graças Medeiros
https://orcid.org/0000-0003-0839-3729
Julio Cesar de Oliveira
http://orcid.org/0000-0003-0894-5597

Resumo

Nos últimos anos, o uso de feições lineares tem sido frequentemente investigado no controle de qualidade cartográfica, sendo que diversos métodos foram propostos para avaliação da acurácia posicional. Neste sentido, o presente trabalho teve como objetivo atrelar as tolerâncias definidas no Decreto nº 89.817 e à Especificação Técnica de Controle de Qualidade de Dados Espaciais (ET-CQDG) nos métodos de feições lineares: Pontos finais, Pontos Intermediários, Ponto Gerado e em uma adaptação proposta ao método Fator Fuzziness. Ao final, tais métodos foram comparados com os métodos de feições lineares já aplicados no Brasil que são: Influência do Vértice e Normalização do Buffer Duplo. Para tanto, foi avaliada a acurácia posicional planimétrica de um ortomosaico no município de Viçosa-MG, onde os resultados obtidos mostraram que os métodos do Pontos Finais, Influência de Vértice, Fator Fuzziness e o método de normalização do Buffer Duplo obtiveram classificação planimétrica Classe A para a escala de 1:1.000. Já os métodos Pontos Intermediários e Ponto Gerado apresentaram Classe B na escala 1:1.000.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Detalhes do artigo

Como Citar
ZANETTI, J.; SANTOS, A. de P. dos; MEDEIROS, N. das G.; OLIVEIRA, J. C. de. Avaliação da Acurácia Posicional Utilizando os Métodos de Feição Linear: Pontos Finais, Pontos Intermediários, Ponto Gerado, Influência do Vértice, Normalização do Buffer Duplo e Fator de Fuzziness. Revista Brasileira de Cartografia, [S. l.], v. 73, n. 1, p. 278–295, 2021. DOI: 10.14393/rbcv73n1-54226. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/revistabrasileiracartografia/article/view/54226. Acesso em: 3 dez. 2022.
Seção
Artigos Originais

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 > >>