SEGMENTAÇÃO MULTIRESOLUÇÃO DE IMAGENS FUSIONADAS

Conteúdo do artigo principal

João Batista Tavares Júnior
Jorge Antonio Silva Centeno

Resumo

Este trabalho teve como objetivo avaliar quais os benefícios que a fusão de imagens proporciona para o processo de delineamento de segmentos utilizando o método de segmentação multiresolução. Para realizar o trabalho, efetuou-se a fusão das imagens azul, verde, vermelho e pancromático, adquiridas pelo sistema QuickBird, e executou a segmentação de quatro grupos de imagens onde o primeiro grupo é composto pela imagem pancromática; o segundo pelas imagens azul, verde e vermelho; o terceiro grupo pelas imagens azul, verde, vermelho e pancromática e o quarto grupo pela imagem resultante da fusão das imagens contidas no terceiro grupo. Os resultados mostraram que, ao contrário do que ocorre para a cognição humana, a fusão de imagens não proporciona benefícios para a segmentação multiresolução, recomendando-se que não a utilize no processo de segmentação quando utilizar a técnica de segmentação multiresolução.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Detalhes do artigo

Como Citar
TAVARES JÚNIOR, J. B.; CENTENO, J. A. S. SEGMENTAÇÃO MULTIRESOLUÇÃO DE IMAGENS FUSIONADAS. Revista Brasileira de Cartografia, [S. l.], v. 63, n. 4, 2012. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/revistabrasileiracartografia/article/view/44811. Acesso em: 18 maio. 2022.
Seção
Artigos
Biografia do Autor

João Batista Tavares Júnior, Universidade Federal do Paraná - UFPR Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sul de Minas Gerais - IFSULDEMINAS

Universidade Federal do Paraná - UFPR Programa de Pós-Graduação em Ciências Geodésicas Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sul de Minas Gerais

Jorge Antonio Silva Centeno, Universidade Federal do Paraná - UFPR

Universidade Federal do Paraná - UFPR Programa de Pós-Graduação em Ciências Geodésicas

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 3 > >>