ANÁLISE DOS INCÊNDIOS OCORRIDOS NO PARQUE NACIONAL DA CHAPADA DIAMANTINA-BAHIA EM 2008 E 2015 COM SUPORTE EM ÍNDICES ESPECTRAIS DE VEGETAÇÃO

Conteúdo do artigo principal

Cândida Caroline Souza de Santana Leite
Sarah Moura Batista dos Santos
Washington de Jesus Sant Franca Rocha
Ardemirio de Barros Silva
Gustavo Macedo de Mello Baptista

Resumo

A ocorrência de incêndios na vegetação em áreas protegidas constitui uma das graves ameaças à conservação da biodiversidade nestas áreas. O Parque Nacional da Chapada Diamantina (Bahia) se inclui entre as Unidades de Conservação com maior quantidade de focos de incêndios do Brasil. Neste sentindo, a presente pesquisa propõe-se a identiï¬car as áreas acometidas por incêndios nos anos 2008 e 2015, dentro da extensão do Parque, utilizando os índices espectrais NBR e NDVI, visto que nesses anos ocorreram os últimos maiores episódios registrados. E, a partir das respostas espectrais dos índices, quantiï¬car as áreas queimadas nos anos estudados. Deste modo, os resultados obtidos a partir da metodologia utilizada foram mapas elaborados com base nas imagens índices, os quais destacam as cicatrizes dos incêndios ocorridos e possibilitam analisar a extensão destas. Assim, ao comparar os resultados do recorte temporal analisado pode-se inferir que os episódios de incêndios mais intensos e numerosos ocorreram no ano 2008, totalizando 36975 hectares em área queimada pelo índice NBR e 35304 hectares pelo NDVI. Utilizou-se registros de focos de calor elaborados a partir de dados do satélite NOAA, a ï¬ m de validar as cicatrizes. Por ï¬ m, destaca-se a eï¬cácia do índice NBR no mapeamento de áreas queimadas, sobre o NDVI, atentando-se para o fato deste último confundir nuvens com valores semelhantes aos de locais queimados.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Detalhes do artigo

Como Citar
LEITE, C. C. S. de S.; SANTOS, S. M. B. dos; FRANCA ROCHA, W. de J. S.; SILVA, A. de B.; BAPTISTA, G. M. de M. ANÁLISE DOS INCÊNDIOS OCORRIDOS NO PARQUE NACIONAL DA CHAPADA DIAMANTINA-BAHIA EM 2008 E 2015 COM SUPORTE EM ÍNDICES ESPECTRAIS DE VEGETAÇÃO. Revista Brasileira de Cartografia, [S. l.], v. 69, n. 6, 2017. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/revistabrasileiracartografia/article/view/44315. Acesso em: 28 maio. 2022.
Seção
Artigos
Biografia do Autor

Cândida Caroline Souza de Santana Leite, Universidade Estadual de Feira de Santana

Departamento de Ciências Humanas e Filosofia

Sarah Moura Batista dos Santos, Universidade Estadual de Feira de Santana

Programa de Pós-Graduação em Modelagem em Ciências da Terra e do Ambiente

Washington de Jesus Sant Franca Rocha, Universidade Estadual de Feira de Santana

Programa de Pós-Graduação em Modelagem em Ciências da Terra e do Ambiente

Ardemirio de Barros Silva, Universidade Estadual de Feira de Santana

Programa de Pós-Graduação em Modelagem em Ciências da Terra e do Ambiente

Gustavo Macedo de Mello Baptista, Universidade de Brasília

Instituto de Geociências

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 > >>