ESTUDO PRELIMINAR DA ESTIMATIVA DA REFLECTÂNCIA E ALBEDO DE MICROSSISTEMAS PANTANEIROS A PARTIR DE IMAGENS DE SATÉLITE

Conteúdo do artigo principal

Gabriel Pereira
Elisabete Caria Moraes
Egídio Arai
Luís Gonçalves Longo de Oliveira

Resumo

O presente trabalho tem como objetivo principal a estimativa da reflectância de microssistemas pantaneiros através de imagens do sensor TM (Thematic Mapper) do Landsat 5. Para a obtenção dos valores de albedo e de reflectância no visível e no infravermelho próximo e médio utilizou-se a fórmula proposta por LIANG (2000). Para avaliação do método utilizado, os resultados da transformação dos níveis de cinza da imagem TM em reflectância e albedo foram confrontados com medidas realizadas em campo utilizando o piranômetro CM5 e saldo radiômetro CNR1 da Kipp&zonen e quantum LI-190SA da Licor Incorporation. Constatou-se a existência de diferenças significativas nos valores de albedo e reflectância entre os períodos de cheia e seca para a região de Passo do Lontra - Corumbá - Mato Grasso do Sul., que podem variar de 2 a 5% no albedo, de 1 a 3% na reflectância do visível e de 4 a 9% na reflectância do infravermelho próximo e médio.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Detalhes do artigo

Como Citar
PEREIRA, G.; MORAES, E. C.; ARAI, E.; DE OLIVEIRA, L. G. L. ESTUDO PRELIMINAR DA ESTIMATIVA DA REFLECTÂNCIA E ALBEDO DE MICROSSISTEMAS PANTANEIROS A PARTIR DE IMAGENS DE SATÉLITE. Revista Brasileira de Cartografia, [S. l.], v. 59, n. 1, 2009. DOI: 10.14393/rbcv59n1-43961. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/revistabrasileiracartografia/article/view/43961. Acesso em: 26 nov. 2022.
Seção
Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 > >>