O pensamento Complexo de Edgar Morin e suas contribuições ao campo da educação: Uma análise da prática desenvolvida na Escola da Ponte à luz da Teoria da Complexidade

Autores

DOI:

https://doi.org/10.14393/OT2021v23.n.3.60816

Palavras-chave:

Edgar Morin, Pensamento Complexo, Transdisciplinaridade, Escola da Ponte

Resumo

Neste artigo buscamos tecer algumas considerações a respeito do pensamento complexo de Edgar Morin, sobretudo, no que tange às suas contribuições ao campo da educação. Para tanto, se fez necessário um enfoque em sua obra “Sete saberes necessários à educação do futuro”, pois acreditamos que afora a vasta produção acadêmica e intelectual do autor, nesta produção Morin se esforça em estabelecer, de forma pragmática, princípios fundamentais para uma educação não fragmentada. A partir da análise dessa obra nos preocupamos em como a aplicação da Teoria da Complexidade se dá no campo da práxis, assim, elegemos a Escola da Ponte, como um exemplo de experiência exitosa que pode servir como reflexo do pensamento de Edgar Morin.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Elís Lopes, Instituto Federal de Ciência e Tecnologia da Bahia

 Mestranda em Educação Profissional Tecnológica (PROFEPT/IFBA). Pedagoga pela Universidade Estadual de Santa Cruz(2006). Pedagoga do Instituto Federal de Ciência e Tecnologia - campus Porto Seguro. 

Keity Barbosa Carneiro, Instituto Federal de Ciência e Tecnologia da Bahia

Mestranda em Educação Profissional Tecnológica no IFBA (PROFEPT/IFBA). Pedagoga no campus Feira de Santana do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Bahia (IFBA).  Pedagogia pela Universidade Estadual de Feira de Santana (UEFS).

Tereza Kelly Gomes Carneiro, Instituto Federal de Ciência e Tecnologia da Bahia

Doutora em Difusão do Conhecimento pela Universidade Federal da Bahia-UFBA (2014) e Mestre em Desenvolvimento e Meio Ambiente pela Universidade Federal de Alagoas-UFAL (2005). É Professora do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Bahia -Campus Camaçari. Bacharela em Ciências Econômicas pela Universidade Federal de Alagoas -UFAL (1997).Licenciada em Pedagogia pela Faculdade Batista Brasileira- FBB (2011). Líder do Grupo de Pesquisa Tecnologias, Informação e Educação- Ticase do IFBA.

Referências

AFONSO, A. J. Há mais vida para além da Escola da Ponte. A Página da Educação, Porto, n. 134, Maio 2004. Disponível em: https://www.apagina.pt/?aba=7&cat=134&doc=10098&mid=2. Acesso em: 19 ago. 2021.

ALVES, R. A escola com que sempre sonhei sem imaginar que pudesse existir. 10 ed. São Paulo: Papirus Editora, 2001.

MORIN, E. A noção de sujeito. In: D. F. Schnitman (Org.), Novos paradigmas, cultura e subjetividade. Porto Alegre: Artes Médicas, 1996, p. 45-55.

MORIN, E. Os sete saberes necessários à educação do futuro. Tradução de Catarian Eleonora F. da Silva e Jeanne Sawaya. São Paulo, Brasília, DF: Cortez/UNESCO, 1999.

MORIN, E. Introdução ao pensamento complexo. 3. ed. Porto Alegre: Sulina, 2007.

PETRAGLIA, I. C.A Educação e a Complexidade do Ser e do Saber. 5ª ed. Petrópolis: Vozes, 2001.

PORTUGAL. Escola da Ponte. Projeto Educativo. [s.d]. Disponível em: http://www.escoladaponte.pt/novo/projetos/. Acesso em: 05 mai. 2020.

PORTUGAL. Escola da Ponte. Regulamento Interno. [s.d]. Disponível em: http://www.escoladaponte.pt/novo/projetos/. Acesso em: 05 mai. 2020.

RODRIGUES, Z. A. L. Paradigma da ciência, do saber e do conhecimento e a educação para a complexidade: pressupostos e possibilidades para a formação docente. Revista Educar, Curitiba, n. 32, p. 87-102, 2008, Jun. 2008. Disponível em: https://www.scielo.br/j/er/a/DSgfXSh4yCv6yprj4Bvp9ts/abstract/?lang=pt. Acesso em: 01 de ago. 2021.

VASCONCELLOS, C.dos S. Reflexões sobre a Escola da Ponte. Revista de Educação, AEC, n. 141 out./dez.2006. Disponível em: https://www.passeidireto.com/arquivo/44690714/reflexoes-sobre-a-escola-da-ponte/4. Acesso: 19 ago. 2021.

Downloads

Publicado

2021-09-29

Como Citar

LOPES CABRAL, E. F. .; BARBOSA CARNEIRO, K. .; GOMES CARNEIRO, T. K. . O pensamento Complexo de Edgar Morin e suas contribuições ao campo da educação: Uma análise da prática desenvolvida na Escola da Ponte à luz da Teoria da Complexidade. Olhares & Trilhas, [S. l.], v. 23, n. 3, p. 1128–1142, 2021. DOI: 10.14393/OT2021v23.n.3.60816. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/olharesetrilhas/article/view/60816. Acesso em: 15 ago. 2022.