Consciência fonológica: a utilização de jogo digital como estratégia para o ensino de Língua Portuguesa

Autores

  • Ana Mara Alves de Freitas Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN)
  • Gilson Chicon Alves Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN)

DOI:

https://doi.org/10.14393/LL63-v32n2a2016-5

Palavras-chave:

Formação docente, PROFLETRAS, Ensino de Língua Portuguesa.

Resumo

Esta pesquisa apresenta um jogo digital como ferramenta de avaliação diagnóstica da consciência fonológica em crianças no processo de alfabetização, tendo em vista a dificuldade em conciliar os conhecimentos linguísticos e tecnológicos à prática docente a partir da realidade do aluno. Objetivamos propor ao professor o uso de instrumento didático-pedagógico que o auxilie na avaliação diagnóstica de maneira objetiva para que, com isso, ele possa planejar suas aulas a partir da união entre teoria, tecnologia e realidade do aluno. Esta proposta está vinculada à linha de pesquisa teorias da linguagem e ensino, do PROFLETRAS. Para os procedimentos metodológicos, fizemos estudos bibliográficos a partir dos estudos fonológicos de Cagliari (2002), Silva (2007), Matzenauer (2005), Henriques (2012) e Seara, Nunes e Lazzarotto-Volcão (2011), mostrando o funcionamento e a estrutura sonora da língua. Para o suporte técnico-didático, apoiamo-nos nas discussões de Barrera e Maluf (2003), Capovilla e Capovilla (2000), Lopes (2004), Santamaria, Leitão e Assencio-Ferreira (2004), Bernardino Jr. et al. (2006), Adams (2006) e Paraná (2010), no que tange à importância da avaliação e treino de consciência fonológica em crianças para o sucesso do processo de alfabetização e no que diz respeito à construção do jogo digital. Esta pesquisa também se caracteriza como intervencionista, pois aplicamos o jogo em turmas do 1º, 2º, 4º e 6º anos do Ensino Fundamental, em uma escola municipal de Mossoró/RN. O jogo revelou a possibilidade de diagnosticar dadas habilidades de consciência fonológica de cada criança.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2017-03-15

Como Citar

FREITAS, A. M. A. de; ALVES, G. C. Consciência fonológica: a utilização de jogo digital como estratégia para o ensino de Língua Portuguesa. Letras & Letras, [S. l.], v. 32, n. 2, p. 83–108, 2017. DOI: 10.14393/LL63-v32n2a2016-5. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/letraseletras/article/view/35255. Acesso em: 26 maio. 2022.