Do Português Clássico ao Português Europeu Moderno: o mapeamento do artigo

Autores

  • Simone Floripi UFU

DOI:

https://doi.org/10.14393/LL60-v30n2a2014-7

Palavras-chave:

Mudança linguística, língua portuguesa, artigo definido, pronome possessivo, corpus linguístico eletrônico.

Resumo

No decorrer dos séculos os padrões de aplicação do artigo na língua portuguesa foram sendo modificados, demonstrando ter havido uma mudança na gramática dessa língua. Tal mudança culmina na obrigatoriedade de utilização do artigo frente a sintagmas nominais possessivos, como observado atualmente no português europeu moderno. Diante deste panorama, buscamos investigar o uso do determinante em DPs possessivos desde o século 16 ao século 19 (Português Clássico) e demonstrar sua evolução no tempo. Foi realizado um estudo abrangente que considera fatores sintáticos e estruturais capazes de indicar o início da variação na colocação de determinantes e quando esta deixou de existir, momento no qual, o uso do artigo diante de possessivo passou a ser obrigatório no português europeu (cf. XXXXAutor, 2008 e Castro, 2000). Apresentaremos os resultados do mapeamento geral dos contextos capazes de evidenciar a mudança sintática ocorrida e os fatores estruturais responsáveis pelo desencadeamento dessa mudança na gramática da língua portuguesa. Para tanto, foi realizada uma investigação diacrônica dos dados, por meio da quantificação destes, analisando-os sob uma abordagem minimalista (Chomsky (1995) e Kayne (1994)), tendo como pressupostos teóricos o Modelo de Princípios e Parâmetros.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2014-12-18

Como Citar

FLORIPI, S. Do Português Clássico ao Português Europeu Moderno: o mapeamento do artigo. Letras & Letras, [S. l.], v. 30, n. 2, p. 122–138, 2014. DOI: 10.14393/LL60-v30n2a2014-7. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/letraseletras/article/view/27944. Acesso em: 25 maio. 2022.