Os dizentes nos artigos científicos de Linguística - um estudo baseado na Linguística Sistêmico-Funcional e com o auxílio da Linguística de Corpus

Autores

  • Fernanda Beatriz Caricari de Morais

DOI:

https://doi.org/10.14393/LL60-v30n2a2014-3

Palavras-chave:

Linguística de Corpus, Linguística Sistêmico-Funcional

Resumo

Este artigo analisa os tipos de dizentes, participantes agentes dos verbos do dizer, mais utilizados em artigos da área de Linguística, coletados através da plataforma digitar Scielo. Como fundamentação teórica e metodologia qualitativa de análise, utilizou-se a Linguística Sistêmico-Funcional, formulada por Halliday (1985, 1994) e Halliday & Matthiessen (2004). A Linguística de Corpus possibilitou o tratamento computacional por meio do programa WordSmith Tools (Scott, 2008), que fornece dados quantitativos e contextos de ocorrência de determinadas palavras. Ele foi utilizado na análise para o auxílio na busca dos dizentes mais usados nos artigos científicos da área estudada. Pretende-se contribuir para a elaboração de materiais didáticos e cursos instrumentais que visem à compreensão e produção escrita de artigos científicos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2014-12-18

Como Citar

CARICARI DE MORAIS, F. B. Os dizentes nos artigos científicos de Linguística - um estudo baseado na Linguística Sistêmico-Funcional e com o auxílio da Linguística de Corpus. Letras & Letras, [S. l.], v. 30, n. 2, p. 46–63, 2014. DOI: 10.14393/LL60-v30n2a2014-3. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/letraseletras/article/view/27810. Acesso em: 5 dez. 2022.