As contribuições da Linguística de Corpus e do Processamento de Linguagem Natural na elaboração do protótipo do Dicionário Ideológico de Locuções

Autores

DOI:

https://doi.org/10.14393/DL52-v16n4a2022-5

Palavras-chave:

Fraseografia, Linguística Computacional, Linguística de corpus, Processamento de Linguagem Natural, Dicionário Ideológico

Resumo

Neste trabalho, buscamos demonstrar como recursos e ferramentas da Linguística de Corpus e do Processamento da Linguagem Natural puderam ser empregados na elaboração do protótipo do Dicionário Ideológico de Locuções, de caráter monolíngue e, ao mesmo tempo, onomasiológico e semasiológico. Esse tipo de repertório fraseográfico compõe-se de três grandes seções no corpo do dicionário: a parte sinóptico-analógica, a analógica (correspondendo ambas à parte onomasiológica da obra) e a alfabética (de característica semasiológica). No desenvolver desse projeto, utilizamos como corpora o Corpus Brasileiro e a Web. Como ferramenta para a elaboração do corpo do dicionário, empregamos o software FieldWorks Language Explore, o FLEx. Ao final, foi possível verificar que esses instrumentos computacionais foram de fundamental relevância para a realização do propósito da pesquisa.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Thyago José da Cruz, Universidade Federal de Mato Grosso do Sul

Doutor em Letras pelo Programa de Pós-graduação em Letras (CPTL/UFMS), professor da Faculdade de Educação (FAED/ UFMS).

Referências

BERBER SARDINHA, T. Linguística de Corpus. Barueri, SP: Manole, 2004.

BIDERMAN, M. T. C. A ciência da Lexicografia. Alfa Revista de Linguística. São Paulo, n. 28 (supl.), p. 1-26, 1984.

CARDOSO, S. A. Geolinguística: tradição e modernidade. São Paulo: Parábola Editorial, 2010.

COLSON, J-P. Corpus linguistics and phraseological statistics: a few hypotheses and examples. In: BURGER, H., HÄCHI BUHOFER, A., GRÉCIANO, G. (ed.). Flut von texten – vielfalt der kulturen. Ascona 2001 zu Methodologie und kulturspezifik der phraseologie. Baltmannsweiler: Schneider Verlag Hohengehren, p. 47-59, 2003.

DIAS-DA-SILVA, B. C. A fase tecnológica dos estudos da linguagem: o processamento automático das línguas naturais. Tese (Doutorado em Linguística e Língua Portuguesa) – Faculdade de Ciências e Letras, UNESP, Araraquara, 1996.

DOMÍNGUEZ BURGOS, A. Lingüística computacional: un esbozo. Boletín de lingüística, v. 18, p. 104-119, 2002. Disponível em: http://saber.ucv.ve/ojs/index.php/rev_bl/article/view/1437 Acesso em: 20 jan. 2022.

FERREIRA, A. B. H. Dicionário Aurélio da Língua Portuguesa. 5. ed. Rio de Janeiro: Positivo, 2010.

FINATTO, M. J. B.; LOPES, L.; CIULLA, A. Processamento de Linguagem Natural, Linguística de Corpus e Estudos Linguísticos: uma parceria bem-sucedida. Domínios de Lingu@gem. Uberlândia, MG. Vol. 9, n. 5 (dez. 2015), p. 41-59, 2015. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/dominiosdelinguagem/article/view/28670/17075. Acesso em: 20 jan. 2022. DOI https://doi.org/10.14393/DLE-v9n5a2015-3

IMPACTA. Conheça tudo sobre área de Linguística Computacional! [S.l.], 2019. Disponível em: https://www.impacta.com.br/blog/conheca-tudo-area-linguistica-computacional/. Acesso em: 20 set. 2021.

KILGARRIFF, A.; GREFENSTETTE, G. Introduction to the special issue on the Web as Corpus. Computational Linguistics, 29(3), p. 333-347, 2003. DOI https://doi.org/10.1162/089120103322711569

LÜDELING, A; EVERT, S; BARONI, M. Using web data for linguistic purposes. In: HUNDT, M; NESSELHAUF, N; BIEWER, C (org.). Corpus linguistics and the web. Amsterdam: Rodopi, 2007.

OTHERO, G.A. Lingüística Computacional: uma breve introdução. Letras de hoje, v. 41, n. 2, 2006.

PENÁDEZ MARTÍNEZ, I. Para un diccionario de locuciones: de la lingüística teórica a la fraseografía práctica. Alcalá: Universidad de Alcalá, 2015. DOI https://doi.org/10.4067/S0718-93032016000100010

POERSCH, J. M. Linguística computacional: elaboração do diploma para a língua portuguesa. Letras de Hoje, v. 22, n. 1, 1987.

SOUZA, J. W. C. Me vê um texto menor, por favor? [S. l.], 2019. Disponível em: http://www.roseta.org.br/2019/07/31/me-ve-um-texto-menor-por-favor/ Acesso em: 20 set. 2021.

VALENÇA, E. M; SABINO, M. A. O uso da Web como corpus em pesquisas fraseológicas: Uma prática prejudicial ou um recurso valioso? Calidoscopio, v. 14, n. 3, p. 480-488, 2016. Disponível em: http://revistas.unisinos.br/index.php/calidoscopio/article/view/cld.2016.143.11 Acesso em: 20 jan. 2022. DOI https://doi.org/10.4013/cld.2016.143.11

VIEIRA, R. Lingüística Computacional: uma entrevista com Renata Vieira. Revista Virtual de Estudos da Linguagem - ReVEL. Vol. 2, n. 3, agosto de 2004. Disponível em: http://www.revel.inf.br/files/entrevistas/revel_3_entrevista_renata_vieira.pdf Acesso em: 20 jan. 2022.

Downloads

Publicado

12.09.2022

Como Citar

DA CRUZ, T. J. As contribuições da Linguística de Corpus e do Processamento de Linguagem Natural na elaboração do protótipo do Dicionário Ideológico de Locuções. Domínios de Lingu@gem, Uberlândia, v. 16, n. 4, p. 1316–1338, 2022. DOI: 10.14393/DL52-v16n4a2022-5. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/dominiosdelinguagem/article/view/62958. Acesso em: 9 dez. 2022.