Reflexão linguística e interpretação textual no ENEM

uma análise do construto das questões objetivas

Autores

DOI:

https://doi.org/10.14393/DL43-v14n3a2020-5

Palavras-chave:

Exame Nacional do Ensino Médio, Reflexão linguística, Interpretação textual, Construto

Resumo

Este trabalho tem como objetivo analisar as questões de reflexão linguística e interpretação textual da prova de Linguagens, códigos e suas tecnologias do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM), verificando se há consonância entre o construto da prova e a Matriz de Referência (MR). Com este estudo, pode-se perceber que há no exame itens que avaliam o conhecimento de forma segmentada, sem estabelecer relação entre conteúdos (MCNAMARA, 1996), um tipo de testagem que pode ser considerada mais confiável e menos válida (BACHMAN, 1990; HUGHES, 1994). Itens que podem ser respondidos com leitura e interpretação textual sem a necessidade de o usuário do exame refletir sobre o conteúdo da questão ou a língua foram os mais encontrados na prova analisada, ainda assim, detectou-se que há uma consonância entre o construto da prova e o exposto previamente na MR.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

BACHMAN, L. F. Problems in examining the validity of the ACTFL oral proficiency interview. Studies in Second Language Acquisition, 10 (2), 149-164, 1988. DOI https://doi.org/10.1017/S0272263100007282

BACHMAN, L. F. Fundamental Considerations in Language Testing. Oxford: Oxford University Press, 1990.

BRASIL. Exame Nacional do Ensino Médio, caderno 5, 2015. Disponível em: http://enem.inep.gov.br/. Acesso em: 12 fev. 2016.

BRASIL. Matriz de Referência, Exame Nacional do Ensino Médio. Disponível em: http://download.inep.gov.br/educacao_basica/enem/downloads/2012/matriz_referencia_enem.pdf. Acesso em: 12 fev. 2016.

ETTRICH, C. da G. A concepção de escrita no vestibular 2006 da FFFCMPA. Monografia de Conclusão de Curso. Instituto de Letras, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2006.

HUGHES, A. Backwash and TOEFL 2000. Unpublished manuscript, Educational Testing Service, 1994.

LUCKESI, C. C. Avaliação da aprendizagem: componente do ato pedagógico. São Paulo: Cortez, 2011.

McNAMARA, T. Measuring Second Language Performance. Edinburgh Gate: Addison Wesley Longman Limited, 1996.

SCHLATTER, M. et. al. Avaliação de desempenho e os conceitos de validade, confiabilidade e efeito retrotivo. In: COPERSE/UFRGS. A redação no contexto do vestibular 2005 - a avaliação em perspectiva. Porto Alegre: Editora da UFRGS, 2005.

SCHOFFEN, J. R. Gêneros do discurso e parâmetros de avaliação de proficiência em português como língua estrangeira no exame CELPE-BRAS. Tese de Doutorado em Linguística Aplicada. Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2009.

VELOSO, L. Exame Nacional do Ensino Médio: análise do constructo das questões de reflexão linguística da prova de Linguagens, códigos e suas tecnologias. 2014. 38f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação)- Instituto de Letras, UFRGS, Porto Alegre, 2014.

Downloads

Publicado

03.05.2020

Como Citar

PISKE, G.; VELOSO, L. da S. Reflexão linguística e interpretação textual no ENEM: uma análise do construto das questões objetivas. Domínios de Lingu@gem, Uberlândia, v. 14, n. 3, p. 830–849, 2020. DOI: 10.14393/DL43-v14n3a2020-5. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/dominiosdelinguagem/article/view/47675. Acesso em: 7 dez. 2022.