Quando o sujeito fal(h)a: reflexões a partir das noções de ideologia e formação discursiva

Autores

  • Giovani Forgiarini Aiub UFRGS/Doutorando IFRS/Professor

DOI:

https://doi.org/10.14393/DL19-v9n3a2015-6

Palavras-chave:

Sujeito, Ideologia, Formação Discursiva

Resumo

Filiado à Análise do Discurso de linha francesa, este artigo mobiliza a noção de sujeito e reflete sobre o modo como ideologia trabalha no processo discursivo, isto é, como a ideologia faz produzir sentidos. Além disso, este estudo ainda relaciona a noção de ideologia com a de formação discursiva e expõe sobre as modalidades de desdobramento da forma-sujeito a partir da teoria de Michel Pêcheux.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Giovani Forgiarini Aiub, UFRGS/Doutorando IFRS/Professor

Possui licenciatura em Letras (2007), com habilitação em Língua Portuguesa e Língua Inglesa, pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) e mestrado em Letras (2010) pelo PPGLetras/UFRGS na área de Estudos da Linguagem na especialidade Teorias do Texto e do Discurso tendo sido bolsista CAPES durante este período. Tem experiência docente no Ensino Básico, no Ensino Técnico e no Ensino Superior, lecionando as disciplinas de Língua Inglesa e Língua Portuguesa. Sua área de pesquisa está voltada para relação que se estabelece entre línguas materna e estrangeira no processo de aprendizagem de ambas, sob o viés da Análise do Discurso francesa.

Downloads

Publicado

31-07-2015

Como Citar

AIUB, G. F. Quando o sujeito fal(h)a: reflexões a partir das noções de ideologia e formação discursiva. Domínios de Lingu@gem, [S. l.], v. 9, n. 3, p. 104–119, 2015. DOI: 10.14393/DL19-v9n3a2015-6. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/dominiosdelinguagem/article/view/28830. Acesso em: 8 ago. 2022.