Pesquisas Sociogeolinguísticas e a variável faixa etária em estudos no estado de São Paulo

Autores

  • Adriana Cristina Cristianini UFU

DOI:

https://doi.org/10.14393/DL12-v6n1a2012-27

Palavras-chave:

Sociogeolinguística, Léxico, Variação e mudança linguística, São Paulo

Resumo

Os estudos sociogeolinguisticos, mais que apresentar um rol de designações por meio dos atlas, retratam a cultura, as crenças, as memórias e o modo de ver o mundo dos integrantes de uma comunidade linguística em dado espaço geográfico, numa determinada época. Apesar de se tratar de estudos de determinada etapa sincrônica, essas pesquisas também revelam aspetos que se reportam à atualização do léxico num processo de mudança linguística e à compreensão das subjacências presentes a cada designação. Este trabalho tem como objetivo: (i) discutir os fatores que justificam a adoção do termo Sociogeolinguística; (ii) propiciar reflexão sobre a natureza da relação entre léxico e aspectos sócio-cultural-histórico-ideológicos de grupos sociais numa determinada época; (iii) verificar os itens lexicais em que se pode observar mudança em curso por meio de evidência de variação diageracional.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

03-07-2012

Como Citar

CRISTIANINI, A. C. Pesquisas Sociogeolinguísticas e a variável faixa etária em estudos no estado de São Paulo. Domínios de Lingu@gem, [S. l.], v. 6, n. 1, p. 516–527, 2012. DOI: 10.14393/DL12-v6n1a2012-27. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/dominiosdelinguagem/article/view/14884. Acesso em: 22 maio. 2022.